Últimas

, , ,


No dia 28 de setembro, às 19h, o Indico Bahia vai realizar a quarta edição do Papo Calcinha, evento que discute de forma séria, mas com uma boa pitada de descontração e diversão, assuntos voltados para a área da sexualidade e do empoderamento. O evento, que tem como público-alvo mulheres héteros e membros da comunidade LGBTQI+, será no Motel Hollywood, que fica na Av. Prof. Pinto de Aguiar, 2416 – Pituaçu.

A programação inclui bate-papo com a sexóloga Cris Arcuri, distribuição e sorteio de brindes, exposição de lingerie e de produtos de sexy shop, além de coquetel de confraternização e apresentações surpresas. A inscrição custa R$50 (valor de primeiro lote até 20/09) e R$70 (segundo lote a partir de 21/09). Vagas limitadas. Mais informações no site www.indicobahia.com.br e no Instagram @indicobahia.

O Papo Calcinha tem o patrocínio da AB Wines Distribuidora, da loja de sapatos Bebecê, da Teles Moda (representante Diamante Lingerie), da loja Sangue Latino e da Jacarandá Comunicação. Apoio do Salão Sá Marina, da produtora de audio visual AGX, da Diferentes Fotografia, da Delicia de Brownie, da Doceri Ah, da Tok Final, da Prudence, da Cacau Show, da Le Jardim Des Aromes, da Doceria Tradição, Criolos Design, Inove Brindes, Leve Balões, Trigo da Vila, Amavia, Davene e Sertão Suculentas.

Sobre Cris Arcuri

A séxologa Cris Arcuri é graduada em Direito e possui MBA em Gestão Empresarial(2007). É também pós-Graduada em Sexualidade. Atua como educadora sexual, palestrante, comunicadora e influencer na área desde abril de 2014, quando decidiu dividir seu conhecimento sobre sexualidade, comportamento e relacionamento para grupos de mulheres.  

Sobre o Indico Bahia

O Indico Bahia foi criado em novembro de 2015 por Cássia Santos, graduanda em Marketing. Inicialmente, surgiu como um perfil no Instagram e página no Facebook, passando a ser também um site, em 2019. Atualmente com um time de colaboradores, no Indico Bahia é postado tudo aquilo que a equipe acha interessante para os seguidores do perfil, inclusive a cobertura de eventos. Hoje, são quase 43 mil seguidores no Instagram. 

Serviço
O que? Papo Calcinha, do Indico Bahia
Quando? 28/09, às 19h
Atração? Sexóloga Cris Arcuri
Onde? Motel Hollywood (Av. Prof. Pinto de Aguiar, 2416 – Pituaçu)
Quanto? R$50 (valor de primeiro lote até 20/09) e R$70 (segundo lote a partir de 21/09)
Mais informações? www.indicobahia.com.br e no Instagram @indicobahia
, ,

A quarta edição do concurso “Miss e Mister Guetto” será realizada no dia 21 de setembro, às 19h, no Hotel Sol Barra, em Salvador.

O evento contará com apresentação da cantora Wil Carvalho e performance de bailarinos do bloco Muzenza. O desfile de abertura ficará por conta do estilista baiano Jorge Andrade.
  
Bagagerie Spilberg será por mais uma vez a apresentadora da noite, em que 24 modelos irão concorrer à faixa do título de “Miss e Mister Guetto”, além de premiação para os três primeiros selecionados em cada categoria do concurso idealizado pelo produtor e empresário Jomar Sousa, da Xtreme Model.

Natally Sousa, moradora de Valença, e Jeferson Lima, morador do bairro Alto da Terezinha, entregarão a faixa e a missão aos novos escolhidos.

Os ingressos serão vendidos na modalidade “pague quanto puder” e poderão ser retirados 30 minutos antes do evento.

Maiores informações podem ser obtidas por meio do telefone (71) 99206-2171.

Serviço
4ª edição do ‘Miss e Mister Guetto’
Data: 21 de setembro (sábado)
Horário: 19h
Local: Hotel Sol Barra
Ingressos: Contribuição voluntária
Maiores informações: (71) 99206-2171
Espaço sujeito à lotação. 

Artistas e bandas que representam a cultura afro-baiana através da música ainda tem chances de apresentar um espetáculo na Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA), durante o próximo verão. A convocatória para o Concha Negra segue com inscrições abertas até o dia 29 de agosto.  

Seja do samba, reggae, afro, afoxé, hip hop ou tudo isso misturado, basta ter talento, experiência e qualificação para executar um evento de grande porte, além de criatividade e, é claro, contar com o engajamento do público. “Esta é uma grande oportunidade de visibilizarmos a música baiana, fomentar encontros entre os artistas da nossa terra e de outros lugares, e de viabilizar que grupos realizem festivais, mostras, manifestações artístico-culturais da negritude da Bahia, para além da música, trazendo a dança, o teatro, a moda, as artes visuais, literatura, o cinema, o circo para o palco da Concha”, diz Renata Dias, diretora geral da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). 

O TCA e a Funceb irão arcar com a estrutura base para a realização dos shows, reduzindo o custo dos artistas e bandas com a montagem do espetáculo. O regulamento e formulário de inscrição estão disponíveis no site do TCA, e a seleção já será divulgada no dia 10 de setembro. Os shows serão entre novembro de 2019 e fevereiro de 2020, com ingressos a R$40 (inteira) e R$20 (meia).

Projeto - O Concha Negra é uma iniciativa do Governo do Estado, que se compromete a fomentar a diversidade cultural da Bahia, suas tradições e patrimônios, garantindo o lugar da música afro-baiana na programação mensal da Concha Acústica do Complexo do TCA, maior equipamento cultural do estado. Sua realização parte de premissas das políticas reparatórias previstas na constituição do Estado da Bahia e no Estatuto da Igualdade Racial.

Assim, o incentivo a mais em um canal de visibilidade e acesso a esta produção se alinha a condutas que reconhecem a cidadania cultural, a importância da representatividade e a afirmação de identidades, combatendo preconceitos e valorizando a expressão das variadas manifestações humanas.

A primeira etapa do projeto foi realizada entre setembro de 2017 e fevereiro de 2018, com shows de Filhos de Gandhy, Muzenza, Ilê Aiyê, Cortejo Afro, Olodum e Malê Debalê. Além das apresentações principais, cada espetáculo teve a participação de pelo menos um convidado especial e também uma abertura com intervenções de outras linguagens artísticas, como teatro, dança e moda.