Últimas


Artistas e bandas que representam a cultura afro-baiana através da música ainda tem chances de apresentar um espetáculo na Concha Acústica do Teatro Castro Alves (TCA), durante o próximo verão. A convocatória para o Concha Negra segue com inscrições abertas até o dia 29 de agosto.  

Seja do samba, reggae, afro, afoxé, hip hop ou tudo isso misturado, basta ter talento, experiência e qualificação para executar um evento de grande porte, além de criatividade e, é claro, contar com o engajamento do público. “Esta é uma grande oportunidade de visibilizarmos a música baiana, fomentar encontros entre os artistas da nossa terra e de outros lugares, e de viabilizar que grupos realizem festivais, mostras, manifestações artístico-culturais da negritude da Bahia, para além da música, trazendo a dança, o teatro, a moda, as artes visuais, literatura, o cinema, o circo para o palco da Concha”, diz Renata Dias, diretora geral da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). 

O TCA e a Funceb irão arcar com a estrutura base para a realização dos shows, reduzindo o custo dos artistas e bandas com a montagem do espetáculo. O regulamento e formulário de inscrição estão disponíveis no site do TCA, e a seleção já será divulgada no dia 10 de setembro. Os shows serão entre novembro de 2019 e fevereiro de 2020, com ingressos a R$40 (inteira) e R$20 (meia).

Projeto - O Concha Negra é uma iniciativa do Governo do Estado, que se compromete a fomentar a diversidade cultural da Bahia, suas tradições e patrimônios, garantindo o lugar da música afro-baiana na programação mensal da Concha Acústica do Complexo do TCA, maior equipamento cultural do estado. Sua realização parte de premissas das políticas reparatórias previstas na constituição do Estado da Bahia e no Estatuto da Igualdade Racial.

Assim, o incentivo a mais em um canal de visibilidade e acesso a esta produção se alinha a condutas que reconhecem a cidadania cultural, a importância da representatividade e a afirmação de identidades, combatendo preconceitos e valorizando a expressão das variadas manifestações humanas.

A primeira etapa do projeto foi realizada entre setembro de 2017 e fevereiro de 2018, com shows de Filhos de Gandhy, Muzenza, Ilê Aiyê, Cortejo Afro, Olodum e Malê Debalê. Além das apresentações principais, cada espetáculo teve a participação de pelo menos um convidado especial e também uma abertura com intervenções de outras linguagens artísticas, como teatro, dança e moda.

A Casa da Música – espaço administrado pela SecultBA – receberá na próxima segunda-feira, dia 19 de agosto, mais uma edição do “Sarau de Itapuã”, que já virou tradição na Lagoa do Abaeté, onde acontece o evento a cada quinze dias. Nesta edição, o sarau contará com a participação especial do Grupo Yayá Massemba (Samba de Mulheres do Vale Capão), Verônica Dumar, e a dupla Cissa Paz e Christylez Bacon. O acesso é gratuito e a programação tem início às 17h.

Antes das apresentações musicais, o cantor e compositor Flavio Vigata ministrará a palestra “Sua Carreira Musical na Era Digital”, com o objetivo de despertar o empreendedorismo entre criadores e produtores musicais, com foco nas oportunidades no ambiente digital.

Banda Yayá Massemba - Com repertório que transita por clássicos atemporais do samba e músicas autorais, a banda Yayá Massemba promove a valorização da tradição do samba da Bahia e visa dar visibilidade ao protagonismo da mulher no samba. Inspiradas pelo MPB, as musicistas Ive Farias, Ana Tomich, Priscilla Oliveira e Bhakti Eloi irão comandar o samba de roda, dando espaço para que outras mulheres também possam fazer parte desse movimento. A banda já realizou cerca de 60 apresentações, principalmente, em Salvador e cidades da Chapada Diamantina.

Verônica Dumar – A cantora e compositora baiana canta Bossa Nova e Samba, além de interpretar músicas de compositores baianos que enriquecem o cenário musical. Entre os seus trabalhos autorais destacam-se “Morena do Mar”, “Minha missão” e “Os quinhentos anos do Brasil”. Recentemente, foi convidada a participar da Semana Cultural de Portugal, em Salvador, interpretando no seu show, além de suas composições, o Fado, conhecido estilo musical português. 

Cissa Paz e Christylez Bacon – A cantora e o multi-instrumentista se conheceram em um evento artístico em Washington, nos Estados Unidos, em 2011, e desde então eles vêm fazendo inúmeras performances. Cissa é cantora, compositora brasileira baseada nos EUA, e tem apresentado a música brasileira fora do país com uma performance eclética marcada pelo som do jazz Americano e suas fortes influências regionais do Brasil. Já Christylez é um artista americano de Hip-Hop Progressivo e multi-instrumentista, que se apresenta com o tambor africano djembe, no violão ou no beat-box, enquanto recita versos rítmicos como um trovador. 

Espaços Culturais da SecultBA
 - A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia mantém 17 espaços culturais geridos pela Diretoria de Espaços Culturais (DEC), e localizados em diversos Territórios de Identidade. Destes, cinco encontram-se em Salvador - Cine Teatro Solar Boa Vista, Espaço Xisto Bahia, Casa da Música de Itapuã, Centro de Cultura de Plataforma e Espaço Cultural Alagados - e 12 nos municípios de Alagoinhas, Feira de Santana, Guanambi, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Lauro de Freitas, Mutuípe, Porto Seguro, Santo Amaro, Valença e Vitória da Conquista. Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br
,

Despertar sentimentos através do resgate da gastronomia afetiva. É com esse objetivo que as empresárias Cecília Orsalino e Maria Clara Prudente vão realizar a primeira edição do evento Encontro Gourmet, de 6 a 8 de setembro, na Pupileira. Durante três dias, o espaço vai receber uma série de ativações relacionadas diretamente ao tema da culinária “comfort food” – caracterizada por provocar lembranças de afeto e amor. Na programação do evento, o ENCONTRO GOURMET vai oferecer dezenas de stands onde haverá a participação direta de chefs e cozinheiros baianos, uma série de degustações exclusivas, apresentações de aulas show, o espaço COZINHA KIDS, além do oferecimento de dois grandes jantares, batizados de “Encontros” – ambos feitos a quatro mãos: um na sexta (dia 06/09) e outro no sábado (dia 07/09) e que acontecerão paralelamente ao evento, sendo assinados por personalidades ligadas ao universo da gastronomia afetiva local. A história da família de Jorge Amado será homenageada com a presença da escritora Paloma Amado, que vai autografar um de seus livros dedicados ao tema. O local ainda vai abrigar diversas ações com nuances sensitivas, debates, workshops e o mais importante: a participação direta do público de Salvador. Os ingressos já estão à venda no SYMPLA através do link direto www.sympla.com.br/encontro-gourmet-salvador__592688 ou na loja da Harley Davidson, em Piatã, com um preço especial.
DEPOIMENTO DAS GESTORAS DO ENCONTRO GOURMET
“Aquele cheirinho especial vindo da cozinha que invade os outros cômodos da casa e acabam ficando para sempre na memória de todos nós. O sentimento que envolve experimentar uma explosão de memórias totalmente afetivas, guiadas pelos mais diversos ingredientes e que mexem com as nossas melhores recordações”. Esta será a grande tônica do evento, segundo Cecília Orsalino. “Com o intuito de aguçar os sentidos – principalmente dos simpatizantes da boa gastronomia, essa simbiose irresistível, amorosa, simples e única é o principal foco do Encontro Gourmet”, antecipa Maria Clara Prudente.
Foto em anexo: As empresárias Cecília Orsalino e Maria Clara Prudente
PRIMEIRA EDIÇÃO DO EVENTO “ENCONTRO GOURMET SALVADOR”
QUANDO >>> de 6 a 8 de setembro (sexta a domingo)
ONDE >>> Cerimonial Rainha Leonor, na Pupileira
COMO >>> Ingressos à venda na plataforma Sympla
DETALHES >>> www.instagram.com/encontrogourmetsalvador