Últimas

Espetáculo de dança contemporânea movimenta praias de Salvador

Ex-passo, espetáculo de dança contemporânea atrelada à técnica circense de pernas de pau, movimentará quatro praias de Salvador.
                                  
A temporada de estreia contempla oito apresentações, atingindo espectadores da Ribeira à Itapuã, passando pelos bairros do centro e do Rio Vermelho. Cada bairro receberá duas apresentações todas as quartas e quintas de novembro, sempre às 17h30. As performances serão realizadas nos dias 7 e 8 na Praia da Ribeira, 14 e 15 na Praia da Preguiça, 21 e 22 na Praia da Paciência e 28 e 29 na Praia de Itapuã.

O espetáculo utiliza linguagem simples e de fácil acesso ao público, transformando praias de Salvador em espaço cênico com uma coreografia itinerante construída pelo encontro e relação estabelecida entre os quatro artistas, suas experiências, pernas de pau e o mar.

Criada originalmente em 2008, Ex-passo nasceu como um solo desenvolvido pelo ator, dançarino e diretor Claudio Machado em parceria com a coreógrafa Líria Morays. Na época, os artistas desenvolveram uma obra de curta duração, levando para o palco o resultado de experimentos que já entrelaçavam dança contemporânea e técnica circense de pernas de pau.  Dez anos se passaram desde então e o projeto volta à cena baiana ganhando força com a formação de uma parceria com os intérpretes-criadores: Clara Garcia, Matias Santiago e João Rafael Neto, bem como ampliando seu horizonte ao ter como espaço cênico, o mar. Os quatro performers trazem à cena diferentes formações, estéticas e experiências distintas.

Ex-passo é uma obra criada por meio de um processo colaborativo com os intérpretes-criadores sob a direção coreográfica de Claudio Machado e conta ainda com música original do compositor, cantor e diretor musical já conhecido no cenário artístico baiano, Jarbas Bittencourt.


Segundo a produtora Ramona Gayão, “a escolha das praias como espaço-cenário se deu tanto pelas possibilidades temáticas de identificação com a nossa cidade quanto pela possibilidade de atingir público e locais diversos. O mar, culturalmente, além de ser um espaço místico para o público soteropolitano, onde todos, mesmo os mais descrentes, buscam e fazem seus rituais de limpeza e purificação do corpo ou do espírito é também o lugar do encontro de todas as classes, religiões, gêneros e faixas etárias que juntos se banham e constroem um lugar comum de convívio e compartilhamento de experiências”.

“Esse trabalho é uma oportunidade de construir através da linguagem da dança, um discurso que valoriza a conexão entre pessoas e o seu lugar, que há anos venho tentando praticar dentro e fora de cena. Expressar isso através do corpo é libertador porque já rompe a barreira da palavra. Ver isso se materializar no corpo do parceiro de cena e através do contato entre os nossos corpos é esperançoso dentro do tempo de intolerância que estamos vivendo. E apresentar em um espaço público é pra mim uma atitude política e social, um convite a todos os espectadores para construir juntos um discurso poético de conexão plena com o outro e com nosso espaço”, declara Claudio Machado.

A realização do projeto fica por conta da União Instável Criações, núcleo de criação e produção artístico-cultural formado em 2016 pelos artistas Clara Garcia (Espanha) e Claudio Machado (Brasil), que busca promover e criar utilizando múltiplas linguagens artísticas, estimulando a circulação de obras e a conexão entre países e artistas. Entre as produções realizadas estão "Don't Leave" (2016) em parceria com Lucas Tanajura e sob a direção coreográfica de Aleksandra Scibor (Polônia); Porto Brasil (2017 e 2018), uma mostra anual de arte e cultura brasileiras dentro da programação do Sommerwerft Internationales Theater Festival am Fluss realizado pelo Antagon Theater  AKTion (Alemanha); e "Jo" (2018), solo em processo com Clara Garcia sob direção de Claudio Machado.

O projeto conta com apoio financeiro do Estado da Bahia.

Sobre os artistas:

Clara Garcia é graduada em dança contemporânea pela escola Die Etage (Alemanha) e possui longa experiência com danças urbanas, participou de diferentes espetáculos e festivais pelo Brasil, Europa, Ásia e América Central.

Matias Santiago é mestre em dança pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), atua como professor, bailarino e coreógrafo com carreira marcada pela passagem em diversas companhias nacionais e internacionais.

João Rafael é bailarino, coreógrafo, fotógrafo e videomaker, formado pela Escola de dança da FUNCEB e estuda a hibridação entre a dança contemporânea, novas tecnologias e esportes de ação urbanos.

Claudio Machado, além de formado em Artes Cênicas pela UFBA, possui uma formação livre em dança moderna e contemporânea e vem se destacando como criador e produtor de espetáculos premiados na cena baiana.

Ficha técnica:
Direção e concepção coreográfica: Claudio Machado
Criação colaborativa com os intérpretes criadores: Clara Garcia, Claudio Machado, João Rafael Neto e Matias Santiago
Assistência de criação: Clara Garcia
Música original: Jarbas Bittencourt
Iluminação: Fred Alvin
Figurino: Rino Carvalho
Produção: Ramona Gayão
Designer e imagens de divulgação: Luisa Caria
Assessoria de comunicação: Biz Comunicação Integrada
Realização: União Instável Criações

Serviço
Espetáculo Ex-passo
Período: 7 a 29 de novembro (quartas e quintas-feiras)
7 e 8 - Praia da Ribeira
14 e 15 - Praia da Preguiça
21 e 22 - Praia da Paciência
28 e 29 - Praia de Itapuã
Horário: 17h30
Maiores informações: (71) 98788-6328/ Instagram: @ex.passo
Gratuito 

Comentários