Últimas

Espetáculo teatral ‘Elefante’ chega a Salvador


Incitando questionamentos sobre a morte e o envelhecimento, o espetáculo “Elefante”, da carioca Probástica Cia. de Teatro, estreia em Salvador no dia 1º de julho e fica em cartaz até o dia 3 do mesmo mês, no Teatro Vila Velha. As apresentações acontecem sexta (1) e sábado (2) às 20h, e domingo (3) às 19h. O valor dos ingressos custa R$10 (inteira) e R$5 (meia). O espetáculo conta ainda com serviços de acessibilidade com audiodescrição para deficientes visuais, intérprete de LIBRAS e legendagem para surdos e ensurdecidos.
Com texto do dramaturgo Walter Daguerre, indicado ao Prêmio Shell (2006), o elenco conta com a participação dos atores globais  Chandelly Braz, no ar atualmente como a Carmela da novela “Haja Coração” , e Igor Angelkorte, o Clóvis da novela Babilônia (2015), que também dirige o espetáculo. “Elefante” já teve três temporadas no Rio de Janeiro (RJ), além de ter participado de festivais na capital carioca, em São José do Rio Preto (SP) e em Brasília (DF). No Nordeste, passou por Fortaleza e chega agora a Salvador, circulação essa viabilizada pela seleção no Programa Petrobras Distribuidora de Cultura.
Os atores Chandelly Braz, Igor Angelkorte, Livia Paiva, Julia Lund, Samuel Toledo e Luca de Castro encenam a história de uma família que vive em uma época onde ninguém mais envelhece e, portanto, onde não se morre de causas naturais. A partir dos 25 anos, todos passam a tomar um medicamento conhecido apenas como “pílula”, assim permanecendo jovens e com saúde plena. Elefante resulta, assim, em um drama familiar com ares de ficção científica em que busca se refletir sobre a dificuldade da humanidade em se relacionar com a própria finitude.
SERVIÇO:
ESPETÁCULO TEATRAL ELEFANTE
Data: De 1º a 3 de julho de 2016
Horário: Sexta (1) e Sábado (2), às 20h / Domingo (3), às 19h.
Local: Teatro Vila Velha (Av. Sete de Setembro, s/n – Passeio Público, Salvador – BA)
Ingresso: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
Classificação etária: 16 anos

Duração: 70 minutos

Comentários