Últimas

Filmes co-produzidos pela Telefónica Studios obtêm 10 indicações para o Prêmio Goya


Dois filmes co-produzidos pela Telefónica Studios, empresa da operadora espanhola que está se consolidando como uma das principais produtoras de conteúdo audiovisual da Espanha e da América Latina, receberam no total dez indicações para o Prêmio Goya – outorgado anualmente pela Academia das Artes e Ciências Cinematográficas da Espanha e considerado o Oscar espanhol.
Relatos Selvagens, co-produção da Telefónica Studios através da Telefé, recebeu indicações em nove categorias: melhor direção, montagem, maquiagem, música original (do vencedor do Oscar Gustavo Santaolalla), direção de produção, roteiro original, ator (o argentino Ricardo Darín), filme e melhor filme ibero-americano. Já a comédia espanhola Torrente 5: Operação Eurovegas, dirigida e estrelada por Santiago Segura, concorre na categoria de efeitos especiais pelo trabalho da dupla Antonio Molina e Ferrán Piquer. Além das indicações para o Goya, Relatos Selvagens, dirigido por Damián Szifrón, também acaba de entrar na lista de finalistas da categoria melhor filme estrangeiro no Oscar. A Academia de Hollywood vai anunciar os indicados no próximo dia 15.
A cerimônia de entrega da 29ª edição do Prêmio Goya ocorrerá no dia 7 de fevereiro no Centro de Congressos Príncipe Felipe, do Hotel Auditorium, em Madri. Neste ano, concorrem 110 filmes, sendo 64 de fição, 42 documentários e 4 animações. Também concorrem 15 filmes iberoamericanos, 117 longas europeus e 34 curtas.
Criada há pouco mais de um ano, a Telefónica Studios já co-produziu cerca de 30 filmes. Para 2015 estão previstas as estreias de Regresión, do diretor espanhol de origem chilena Alejandro Amenabar (de Mar Adentro, Oscar de melhor filme estrangeiro de 2004); Atrapa la Bandera, dos criadores da animação espanhola As Aventuras de Tadeo; a comédia Perdiendo el Norte, de Nacho G. Velilla ; e Palmeras en La Nieve, de Fernando González Molina . Além desses filmes, a produtora da Telefónica acaba de confirmar sua entrada em 100 Años de Perdón, novo filme de Daniel Calparsoro.

Comentários