Últimas

Gil homenageia Dorival Caymmi no palco do Festival de Inverno Bahia

Foto: Will Assunção/Jussi Up Press
A atração mais esperada da noite, o músico baiano Gilberto Gil fez sua primeira apresentação no Festival de Inverno Bahia para um público, heterogêneo, composto de gente de todas as idades.

Quem esteve no Parque de Exposição Tempompo de Almeida pôde sentir a energia contagiante que tomou conta de todos, e afastou o frio de 13º C na madrugada deste sábado (30), com grandes clássicos da música.

Aos 72 anos, Gil não poupou energia no palco onde dançou e cantou vários sucessos. Canções como “Vamos Fugir”, "Tempo Rei", "Drão", “A Paz”, "Realce", "Punk de Periferia" e uma sequência de reggae inspirado no rei Bob Marley, como "No Woman No Cry", não faltaram no seu repertório.

No palco, a diversidade musical falou alto e o músico cantou de reggae a samba. Gil homenageou o cantor e compositor Dorival Caymmi e o cantor violonista e também compositor João Gilberto com sambas que encantaram o público.

Durante sua apresentação, Gil recordou do tempo em que viveu em Vitória da Conquista. “Que prazer voltar a essa terra que é quase a minha terra, também é a minha terra. Saudade é assim, às vezes bate quando a gente chega, não quando a gente sai. Muitas lembranças, muitas coisas. Um prazer enorme”, disse emocionado.

Ele aproveitou e contou uma história de quando fumou seu primeiro cigarro. "Passei na Praça da Matriz e fiquei me lembrando do primeiro cigarro que fumei na vida, foi ali naquela praça, escondido do meu pai. Mas contaram pra ele! Coisas de Vitória da Conquista!”, disse.

Comentários