Últimas

Casa da Música do Abaeté comemora 21 anos Programação festeja também os sete anos do Sarau de Itapuã


O espaço cultural Casa da Música do Abaeté comemora, no dia 3 de setembro, 21 anos. Inaugurada em 1993, a Casa nasceu com o objetivo de preservar a memória da música baiana, juntamente com as obras de recuperação do Parque Metropolitano Lagoas e Dunas do Abaeté. O aniversário será comemorado com a abertura da exposição “Nativa Relativa” de Clara Domingas e show com a Escola de Samba Unidos de Itapuã e Orquestra de Pandeiros Itapuã. No entanto, a programação terá início já no dia 25 de agosto com as celebrações dos 7 anos do Sarau de Itapuã e seguem até 22 de setembro.

A Casa está localizada no Parque Metropolitano do Abaeté, Área de Proteção Ambiental (APA), em Itapuã. Foi montada com acervos da literatura, instrumentos musicais, fitas VHS, CD’s, DVD’s, LP’s, livros e documentários que retratam a história da música baiana. Hoje, o espaço cultural tem como principais desafios fomentar a produção cultural da comunidade e contribuir para a democratização do acesso à cultura. Para isso, realiza, dentre outras atividades, exposições temporárias, saraus e bate-papos musicados.

Além de estar situada numa APA, a data de comemoração dos 21 anos se aproxima da Semana da Árvore e do mês da primavera. A programação terá diversas palestras e discussões sobre temas ligados à preservação do meio ambiente como a palestra de Lis Braga sobre “A reeducação ambiental na prática” e atividades de plantio e pic nic cultural.

Amadeu Alves, coordenador do espaço há sete anos, afirma que “de uma forma abrangente, o espaço atende diversas expectativas, que vão de artistas que propõem e participam de eventos na Casa, ao público que faz oficinas de música, grupos culturais que o utilizam para desenvolvimento dos seus potenciais, entre outros”. A Casa da Música é considerada uma grande referência não apenas para a comunidade de Itapuã, mas para a cidade de Salvador por sua atuação no setor cultural.


SERVIÇO:

Dia 25/08 - 18h  - Sarau de Itapuã especial celebrando 7 anos. Show com Raimundo Sodré, Tenison Dell Rei;

 Dia 03/09 – 18h Aniversário da Casa da Música

Abertura da Exposição Nativa Relativa de Clara Domingas

Show com a Escola de Samba Unidos de Itapuã e Orquestra de Pandeiros Itapuã;


Dia 06/09 - 14h Sabadeira Musicada - Atividade mensal   da Oficina de Muita Música;

Dia 08/09  - 18h Sarau de Itapuã, show com convidados especiais;

Dia 09/09 –14h Viva o Abaeté Oficinas e atividades lúdicas / 18h – Luau às margens da lagoa do Abaeté

Dia 15/09 Viva o Abaeté Especial

17 horas - Abertura da Semana Viva o Abaeté: Representantes da SECULT e INEMA

17h30- A Reeducação Ambiental na Prática: Lis Braga;

18h30 - Lançamento do PULA – Projeto Passe um Livro Adiante – Fabio Shiva;

19h - Fogueira Filosófica e samba com As Ganhadeiras de Itapuã


Dia 16/09

17h Rodão de Capoeira com Grupos de Capoeira;

Dia 17/09

7h - Yoga na beira da lagoa com Glauvânia Jansem

9h - Passeio com Os curumins



Dia 18/09

9h - Animais domésticos: A importância da adoção responsável


Dia 19/09

9h - Oficina de artesanato: Grupo Customizarte

14h - Exibição do documentário "Quando Sinto que já sei" de Antonio  Sagrado, Raul Perez e Anderson Lima - seguido de bate papo sobre o tema



Dia 20/09

7h – Café da manhã coletivo

8h - Caminhada da Primavera nas Dunas


Dia 21/09

10h - Pic Nic Cultural com Plantio

11h - Cia Pé na Terra – Didi Siriguela e Caxambó em O Maior Espetáculo da Terra e a Oficina A arte do palhaço e a educação ambiental

14h - Banda Terráquea;


 Dia 22/09

Sarau de Itapuã em homenagem ao centenário de Lupicínio Rodrigues com Pedro de Rosa Morais e convidados



Durante toda a semana

- Mutirão voluntário para arrumar o jardim da Casa da Música

inclusive com plantio de arbustos frutíferos da vegetação nativa do Brasil;

- Oficinas de jardinagem;

- Exibição de curta-metragens relacionados ao meio ambiente,

relações interpessoais, música e cidadania;

- Feirinha de artesanato e materiais produzidos pelos palestrantes e pela comunidade de Itapuã.

Comentários