Últimas

Espetáculo de dança “Masturbatório” estreia no Teatro Gamboa Nova

Solo faz parte do projeto Proliferações contemplado no edital Setorial de Dança


O solo “Masturbatório”, de William Gomes, é uma das resultantes do projeto Proliferações, contemplado com o edital Setorial de Dança 2013, da Secretaria de Cultura, do Governo do Estado da Bahia. O espetáculo de dança estreia no dia 1° de agosto, e segue em cartaz até o dia 23 do mesmo mês. As apresentações acontecem sextas e sábados, às 20h, no Teatro Gamboa Nova. O valor do ingresso é R$ 20 inteira e R$ 10,00 meia. A cada semana serão lançadas promoções na página do facebook do projeto Proliferações ( https://www.facebook.com/proliferacoes?fref=ts com sorteio de ingressos.

O trabalho foi pensado a partir da investigação das ideias de solidão, confinamento e autossubsistência, proliferando ações, estados e estímulos a partir do corpo em contato com objetos, superfícies, texturas e do encontro com o outro, em duas residências artísticas conduzidas pelos colaboradores Isaura Tupiniquim e Márcio Nonato. A direção e dramaturgia ficou a cargo de Paula Lice e a direção de arte é assinada por Mayra Lins. O Projeto também inclui a realização de uma intervenção urbana que se chama "ASFIXIA".


SINOPSE

MASTURBATÓRIO materializa um desejo possível, de/por si e em direção ao outro. Explora as descontinuidades do prazer, propondo uma dramaturgia anti-clímax mais interessada na busca e na iminência que na conclusão e no ápice.  William Gomes investiga o corpo pensando masturbação como ideia e mote de movimentação. O corpo desliza, escorre e se debate, ressignificando os prazeres, o gozo, as pequenas mortes. Uma pulsão que dança para algo que se move e se comove. MASTURBATÓRIO também se coloca como um laboratório sexual para auto-estímulos: um observatório; um lugar de voyeurismo que funde experimentador e experimento.

Serviço

Projeto Proliferações – Espetáculo Masturbatório
Datas: De 1º a 23 de agosto de 2014
Dias: Sextas e Sábados
Horário: 20h
Local: Teatro Gamboa Nova - R. Gamboa de Cima, 3 – Aflitos
Valor: R$20 inteira e R$ 10 meia

SOBRE OS ARTISTAS

William Gomes é um artista do corpo interessado na performatividade como conhecimento/exercício e em experimentar situações transitórias entre o conforto e o incômodo. Começou as atividades artísticas ainda em Vitória da Conquista, como criador e colaborador do |AGULHAS|, coletivo de investigação corporal cênica. No Coletivo, William criou a performance FUNGOS, também realizada em Salvador. Já na capital do Estado, reunindo e experimentando com outros artistas, criou a performance e intervenção urbana ASFIXIA. Atualmente é graduando em Dança, na UFBA.

Paula Lice é atriz, diretora, performer. Também escreve para teatro, cinema, TV. Fez parte do grupo Dimenti por catorze anos e é membro do Núcleo VAGAPARA. É formada em Letras pela UFBA, onde também concluiu seu mestrado e, atualmente, é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da mesma instituição. Fundou em 2011 a Pequena Sala de Ideias, um território de produção e colaboração artística que reúne os trabalhos que cria e produz com outros parceiros desde 2009, dentre os quais, o espetáculo de dança “As Borboletas”, a peça infanto-juvenil, o curta-metragem e o longa-metragem de animação homônimo “Miúda e o guarda-chuva”, três trabalhos-solo “Isto não é uma mala”, “Pogobol” e “Parece Bolero” e, mais recentemente, o documentário “Jéssica Cristopherry”. Com a versão curta do média-metragem mencionado, “Jessy”, recebeu importantes prêmios dentro e fora do país, como Melhor Curta pelo Júri Popular no Festival do Rio, Melhor Curta Nacional no Panorama Coisa de Cinema, Melhor Curta pelo Júri Jovem do Cachoeira DOC e uma menção honrosa do júri no Documenta Madrid.

FICHA TÉCNICA

Criação e Performance: William Gomes
Colaboração artística: Isaura Tupiniquim e Márcio Nonato
Direção e Dramaturgia: Paula Lice
Direção de Arte: Mayra Lins
Direção Musical: João Milet Meirelles
Desenho de Luz: Ferna Almeida
Coordenação de Produção: Lucas Valentim

Fotos de divulgação: Mayra Lins
Classificação: 16 anos
Duração: @ 50 min.

Comentários