Últimas

Salvador ganha novas Unidades de testagem rápida para HIV


A Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS), ampliou o número de unidades básicas que realizam a testagem para HIV/AIDS, sífilis e hepatites, com resultados divulgados em 30 minutos. No início do ano, 33 postos ofereciam esse serviço e, até o final do ano, deverão chegar a 111. Neles, o paciente receberá aconselhamento antes e depois do exame, e em caso positivo, será encaminhado para o serviço especializado onde receberá os cuidados necessários e antirretrovirais.
"A importância de garantir o acesso ao diagnóstico precoce e à assistência, bem como aos medicamentos, contribui para reduzir a transmissão do vírus e melhorar a qualidade de vida das pessoas infectadas”, afirma o secretário municipal da saúde, José Antônio Rodrigues Alves.
Conscientização
Para marcar as comemorações pelo 1º de dezembro, Dia Mundial de Luta Conta a AIDS, a SMS lançou a campanha “Para viver melhor, é preciso saber”, incentivando o diagnóstico como primeiro passo para o tratamento e prevenção. Na ocasião, o governo federal também anunciou que irá autorizar, a partir do próximo ano, a venda em farmácias do teste rápido para detectar o vírus.
Também a partir de 2014, todas as unidades de urgência e emergência do município disponibilizarão o teste, bem como os 12 Multicentros de Saúde que devem ser inaugurados, um em cada Distrito Sanitário. "Esses Multicentros contarão com infectologistas e enfermeiros de referência para o tratamento da doença, distribuição de medicação e encaminhamento de casos", explica o secretário. "O objetivo é estar mais próximo das pessoas, para que elas identifiquem facilmente no bairro um canal assistencial onde sejam confortadas na rede hospitalar e ambulatorial", concluiu.
O secretário acrescentou que a SMS irá garantir distribuição de material educativo e preservativos durante as festas populares, além do acesso ao diagnóstico precoce através do Fique Sabendo, repetindo a experiência exitosa do carnaval. No evento deste ano, foram distribuídos mais de R$ 1,5 milhão de preservativos e foram realizados cerca de 5,3 mil exames para detecção da AIDS, sífilis e hepatites virais através de duas unidades de testagem rápida.
Durante a operação, foram registrados 16 resultados positivos para a AIDS. Todos os casos foram encaminhados para unidades de referência.
HIV
O Ministério da Saúde estima que cerca de 700 mil brasileiros estejam infectados pelo HIV, sendo que 150 mil não sabem que estão com o vírus. Isso faz com que o não conhecimento da sorologia seja, atualmente, um dos desafios a serem enfrentados no combate a AIDS. Apenas este ano em Salvador, foram notificados cerca de 570 novos casos da doença, em menores de 25 anos de idade. Além do Brasil, apenas França e Estados Unidos ofertam remédios aos pacientes soropositivos, independente do estágio da doença.
O número de postos que realizarão testes rápidos para HIV/AIDS, sífilis e hepatites deve subir para 111 até o final deste ano


Comentários