Últimas

Livro apresenta os 464 anos da Santa Casa da Misericórdia da Bahia


Com uma história que se concilia com a capital baiana e com o próprio estado ao longo dos 464 anos desde sua fundação, a Santa Casa de Misericórdia da Bahia, será apresentada ao público através do lançamento do livro ‘Santa Misericórdia da Bahia – 5º século’, no próximo dia 18 de novembro, no Museu da Misericórdia, às 19h.

Fundada no mesmo ano que a cidade de Salvador, a Santa Casa baiana é hoje a segunda mais antiga do Brasil, dentre as 422 existentes no país e 52 no estado da Bahia, contendo um rico acervo histórico e artístico, composto por pinturas, esculturas, mobiliário, azulejaria, documentos raros, dentre outros objetos reunidos ao longo dos quase cinco séculos de existência.

Todo esse material e suas particularidades estarão reunidos na publicação que será lançada com o apoio da Organização Odebrecht, que desde sua criação, valoriza iniciativas no campo da cultura, dentre elas, a concretização do projeto Portal da Misericórdia, que contemplou a revitalização da sede da Santa Casa, edificação secular que se localiza na porta de entrada do Centro Histórico de Salvador.

Além de todo serviços sociais focados a atender os menos favorecidos, a publicação reúne diversas curiosidades da Santa Casa, que foi fundada pelas mãos do primeiro Governador Geral do Brasil, o fidalgo Thomé de Souza. Como por exemplo, a construção do primeiro hospital da cidade, voltado para o atendimento de cerca de dois mil pacientes na época e a criação da primeira Escola de Medicina do Brasil, em 1815.

O exemplar ainda traz informações sobre as incontáveis obras criadas e administradas pela instituição em todos esses anos, muito especialmente no que diz respeito à educação de crianças, jovens e adultos, tendo como referência o Recolhimento do Santo Nome de Jesus, que foi seu primeiro estabelecimento educacional, seguido pela Roda dos Expostos, a primeira do país, o Orfanato, diversas Escolas e os sete Centros de Educação Infantil, atualmente, mantidos para alimentação e educação de cerca 860 crianças em situação de risco social grave.

Com toda essa rica história que já se mantém há quase cinco séculos, o amplo material entre textos e fotos foi reunido por uma equipe coordenada por Raymundo Dantas, para ressaltar a importância da instituição, que por muito tempo já realizou papéis de hospital, ensino, assistência social, mas também Cartório e até Banco, no cumprimento da sua missão de dar suporte total à cidade que nascia. Um passado verdadeiramente glorioso em diversos setores, como da arquitetura, da pintura, da escultura, documentos e ações, que foram agrupados em uma obra para valorização e resgate histórico de um serviço totalmente voltado para a comunidade baiana.

Devido a grande importância da obra, o seu lançamento contará com a presença de uma renomada fotógrafa, vencedora de vários prêmios especializados, a inglesa naturalizada brasileira, Maureen Bisilliat. Com vasta experiência fotográfica, Maureen é coautora do conhecido livro Xingu – Território Tribal, com os Irmãos Villas Bôas. Em 2010, recebeu os prêmios Porto Seguro de Fotografia, a Ordem do Ipiranga e a Ordem do Mérito Cultural, através do livro Fotografias – Maureen Bisilliat, publicado pelo Instituto Moreira Salles.

A publicação do livro de arte, que marca também o encerramento da gestão dos provedores José Antônio Rodrigues Alves e Lise Weckerle, será comercializada no Museu da Misericórdia. A renda obtida será investida em prol das obras sociais da instituição.

SERVIÇO

O que: Lançamento do Livro ‘Santa Misericórdia da Bahia – 5º século’
Onde: Museu da Misericórdia
Quando: 18 de novembro de 2013 (segunda-feira), às 19h.
Informações: 71 3272 4263

Comentários