Últimas

Cia. de Dança Deborah Colker apresenta mais dois espetáculos da sua turnê em Salvador


Quarta e quinta-feira (dias 14 e 15/8), às 21 horas, será encenado "Nó”. No sábado e domingo, dias 17 e 18/8, será a vez de "Tatyana", encerrando a turnê nacional comemorativa dos 20 anos na Bahia. Ingressos à venda.

Após apresentar Velox no TCA em duas sessões, dias 10 e 11 de agosto, com ingressos esgotados, nesta semana a Cia. de Dança Deborah Colker encena outros dois espetáculos que fazem parte da turnê nacional comemorativa dos 20 anos de criação da Companhia, que são Nó (dias 14 e 15/8, às 21h) e Tatyana (dias 17 e 18/8, às 21h e 20h), no Teatro Castro Alves. Os ingressos estão à venda.

NÓ (2005)

Este, que é o sétimo espetáculo da Cia de Dança Deborah Colker, trabalha, a partir do movimento, um tema demasiado humano: o desejo. No primeiro ato, os bailarinos se movimentam em meio a um emaranhado de 120 cordas. Cordas que dão nós e que simbolizam os laços afetivos que nos amarram. Cordas que servem para aprisionar, para puxar, para ligar, para libertar. No segundo ato, as cordas saem e o palco é ocupado por uma caixa transparente de 3,1 x 2,5 metros, criação do cenógrafo Gringo Cardia. Neste aquário gigante, feito de alumínio e policarbonato, os bailarinos se enlaçam, se atraem e se opõem, se atam e se desatam, equilibram técnica clássica e contemporânea em movimentos delicados e brutais. É uma metáfora do desejo, daquilo que se ambiciona, mas não se pode realizar.
As sessões serão apresentadas dias 14 e 15/8, quarta e quinta-feira, as 21h.

Tatyana (2011)

O mais novo trabalho de Deborah Colker é inspirado em um clássico da literatura universal. Tatyana leva ao palco os personagens do romance “Evguêni Oniéguin”, de Aleksandr Púchkin (1799-1837), considerado o pai da literatura russa moderna. O cenário é constituído por uma grande árvore metálica, em torno da qual e em cujos ramos Púchkin e seus personagens desenvolvem seus sonhos, angústias e quereres. O espetáculo é vibrante, atual e enfrenta o desafio de exprimir - sem palavras - o sublime, contido nos versos deste clássico da literatura. A sofrida história de amor e desencontro entre os dois personagens-título – o do romance e o do balé – exige da Companhia a combinação rigorosa entre elementos de dança clássica e contemporânea.

Esta, que é a mais recente coreografia do grupo Deborah Colker, encerra a temporada baiana realizando duas apresentações, dia 17/8 (sábado), às 21h; e 18/08 (domingo),às 20h. Os ingressos custam entre R$20 e R$60.

A turnê comemorativa dos 20 anos da Cia de Dança Deborah Colker conta com patrocínio exclusivo da Petrobras e apoio cultural local do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura (Secult-BA).


Serviço:
Turnê nacional da Cia de Dança Deborah Colker  em Salvador - últimas apresentações

Nó:  Dias 14 e 15 de agosto (quarta e quinta-feira), às 21h.
 Tatyana: Dias 17 de agosto (sábado), às 21h; e 18 de agosto (domingo), às 20h.
Local: Teatro Castro Alves – Sala Principal [Praça Dois de Julho, s/n, Campo Grande - Salvador] Tel.: (71) 3117-4899

Ingressos:
Filas de A a P: R$ 60,00 - inteira / R$ 30,00 -  meia-entrada;
Filas de Q a Z: R$ 50,00 -  inteira / R$ 25,00 -  meia-entrada;
Filas de Z1 a Z11: R$ 40,00 -  inteira / R$ 20,00 - meia-entrada.
Descontos:
50% de desconto em cima do valor da inteira para estudantes e pessoas acima de 60 anos;
40% de desconto em cima do valor da inteira para assinante do Jornal Correio.
Onde comprar:
Bilheterias do Teatro Castro Alves funciona diariamente, das 12h às 18h (até 15 minutos antes do início dos espetáculos). Telefone: (71) 3117-4899
Postos de vendas dos SACs:
SAC do Shopping Barra - de 2a a 6a feira, das 12h às 18h30; e aos sábados, das 8h às 12h30. Tel.: (71) 3264-5955
SAC do Shopping Iguatemi - de 2a a 6a feira, das 12h às 18h30; e aos sábados, das 8h às 12h30. Tel.: (71) 3450-5922

Comentários