Últimas

Antes de adaptação nos EUA, “ÉRAMOS GAYS” se despede de Salvador


Um gay que promete a São Sebastião tornar-se heterossexual para se salvar de um desastre aéreo. Um grupo de amigos cuja missão divina é tirá-lo do armário. Essa é a história do musical Éramos Gays, que se despede de Salvador neste fim de semana, 24 e 25 de agosto, sempre às 20h, no Teatro ACBEU, no Corredor da Vitória. Depois dessa curtíssima temporada na capital baiana, o diretor Adrian Steinway, norte-americano radicado em São Paulo, se prepara para dar conta dos últimos detalhes da adaptação que a peça, com texto de Aninha Franco, ganhará em seu país natal, com atores estadunidenses, em maio de 2014.
Adrian Steinway traz na sua experiência participações nos espetáculos Fantasma da Ópera, Mamma Mia e no filme Essa Maldita Vontade de Ser Pássaro e pode ser considerado responsável por trazer a Salvador, com Éramos Gays, o início de um diálogo entre a Bahia e a Broadway. O diretor se vê às voltas também com preparativos de outros três musicais: TigerBoy, no Globe de San Diego (Califórnia); Haroun, na Broadway (Nova Iorque) e The Secret Garden, em São Paulo.
O elenco do musical é formado por Jorge D'Santos, João Saraiva, Amaurih Oliveira, Felipe Velozo, Mário Bezerra e Fernando Ishiruji, que substitui Daniel Rabelo, integrante da primeira temporada. São jovens talentos escolhidos através de audição, que avaliou suas aptidões enquanto atores, bailarinos e cantores. A coreografia é dos americanos Jim Cooney e Jason Sparks, responsáveis, entre outras coisas, pela escolha do elenco do seriado Glee.
Dirigida pelo cantor e compositor Gerônimo Santana, a trilha sonora reúne todos os ritmos, do rock ao axé, passando pelo arrocha e chegando aos hits norte-americanos que marcaram época e a comunidade gay. A maioria das canções foi criada para o espetáculo por grandes compositores, como Capinam, o próprio Gerônimo, e Renato Fechine. O espetáculo ganhou o PRÊMIO CIDADANIA EM RESPEITO À DIVERSIDADE, conferido pela Secretaria do Estado de Cultura de São Paulo e pela APOGLBT (Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo).

FICHA TÉCNICA

Éramos Gays - O Musical
Texto: Aninha Franco
Composição Direção Musical: Gerônimo Santana
Direção geral: Adrian Steinway
Coreografia: Jim Cooney e Jason Sparks
Orquestração: André Santana
Luz: Marcelo Marfuz

Elenco:
Amaurih Oliveira
Felipe Velozo
Fernando Ishiruji
João Paulo Saraiva
Jorge D'Santos
Mário Bezerra                              

SERVIÇO:

Éramos Gays – O Musical
Sábados e domingos, às 20h
De 10 a 25 de agosto
Teatro ACBEU, no Corredor da Vitória

Ingressos: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 meia

Comentários