Últimas

Travessia: SALVADOR recebe o grupo Ponto de Partida no palco do Teatro Jorge Amado


A trupe mineira se apresenta na capital baiana com o espetáculo TRAVESSIA, dias 08 e 09 de agosto, no Teatro Jorge Amado.
Com patrocínio da Vivo, através do projeto Vivo EnCena, o Grupo Ponto de Partida, depois de encantar o público baiano com o espetáculo “Pra Nhá Terra”, em 2011, retorna a Salvador com “Travessia” - o musical que representou o Brasil nos 50 anos da Unesco, em Paris. Há mais de 20 anos em cartaz, Travessia já se apresentou em centenas de cidades brasileiras e também na África - na reinauguração do Teatro Avenida, em Angola, após a revolução - Europa e América do Sul, tornando-se o espetáculo mais assistido da trupe. Com apoio institucional da Escola de Teatro da UFBA, além do espetáculo, haverá também uma edição do “Encontros Vivo EnCena” com o Grupo Ponto de Partida, no Teatro Martim Gonçalves, no Canela, dia 09 de agosto.
Em sua passagem por Paris, foi aclamado como “um espaço mágico onde o público e os artistas celebram a vida”, pois Travessia não é apenas um show e também não é teatro. É uma mistura saborosa que leva o espectador por uma viagem. Ele conta a história do trabalho, da luta e da festa do povo brasileiro e faz um passeio por nossa música em grande companhia: Villa Lobos, Tom Jobim, Chico Buarque, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Elomar, Gonzaguinha...
“Travessia” é música encenada, é o som formalizado em imagens.
Às vezes a música é o texto dramático, às vezes, apenas o ritmo é o condutor e, às vezes, ainda a cena determina a música. Em todas essas formas, quase sempre, o resultado é surpreendente.
Em “Travessia”, o Grupo Ponto de Partida continua sua pesquisa de linguagem em que o ator é o centro da encenação. Ele canta, dança, interpreta, empresta seu corpo para desenhar o espetáculo. O palco está nu e os elementos de cena tanto são signos para leitura do espetáculo, como instrumentos de percussão.
“Travessia”, além de apresentar-se em várias cidades brasileiras, tem uma carreira essencialmente internacional, com temporadas na África, na América Latina e na Europa. É um espetáculo que tem o jeito e o cheiro do Brasil. Que ritualiza nossa alegria, brinca com nossos ritmos. Que está desenhado com nossa negritude e nossa latinidade.
Nossa intenção é cantar nossas raízes e nossos sonhos, nossas particularidades e nossos pontos de contato com todo homem. Enfim, “Travessia” quer ser um ritual, uma festa. Um espaço mágico onde o público e os artistas celebrem a vida!
Não haveria, então, espetáculo melhor para consolidar a parceria do Projeto Vivo EnCena com o Ponto de Partida e para estreitar a relação do Grupo com a cidade que, desde o primeiro contato foi maravilhosa. “O Vivo EnCena é voltado especialmente para projetos envolvidos em processos contínuos e que visam a formação, reflexão e transformação a partir do fazer teatral, comprometidos com pesquisas de linguagem e com o compartilhamento de metodologias, inovações, experiências e resultados. Pensamos no protagonismo também do público, com ações que vão além do espetáculo”, afirma Expedito Araújo, curador artístico do Vivo EnCena. Além das apresentações, outras ações vêm sendo possibilitadas, como workshops e intercâmbio com outros grupos culturais não só de Minas, mas do país inteiro.
Com 32 anos de trajetória, o Grupo Ponto de Partida estabeleceu-se como uma referência na investigação teatral. Pesquisou e desenvolveu uma linguagem única para musicais brasileiros e adaptou para o teatro obras de autores como Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Jorge Amado, Manoel de Barros, Adélia Prado, Bartolomeu Campos de Queirós e compositores como Milton Nascimento e Chico Buarque, construindo uma dramaturgia inédita. O grupo formou-se tecnicamente com os principais nomes do país - Fernanda Montenegro, Sérgio Britto, Cacá Carvalho, Jorginho de Carvalho, Babaya, Gilvan de Oliveira, para citar alguns. E é também o responsável pela criação e coordenação dos projetos Coro Meninos de Araçuaí, Bituca: Universidade de Música Popular e Corredor Cultural Ponto de Partida.
A turnê, que começou em Vitória, passará também por Belo Horizonte, Recife, Aracaju, Belém, Manaus e Porto Alegre.
ENCONTROS VIVO ENCENA Gestão de Grupo e Formação de Plateia
Com a participação do grupo Ponto de Partida e mediação de Expedito Araujo, curador do Vivo EnCena, a série “Encontros Vivo EnCena” chega a Salvador e pretende envolver estudantes e grupos de teatro da cidade – profissionais e amadores – para trocas de experiências sobre gestão e produção teatral na atualidade, formação de público, novas perspectivas e alternativas criativas, a partir das práticas de gestão do Grupo Ponto de Partida, que comemora 32 anos de existência. Em Salvador, a série “Encontros Vivo EnCena” acontecerá na sexta-feira, dia 09 de agosto, às 15h, no Teatro Martim Gonçalves (Escola de Teatro da UFBA).
PROJETO CULTURAL VIVO ENCENA
O Vivo EnCena é uma iniciativa da Vivo que estimula o intercâmbio de projetos de artes cênicas com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do país e da sociedade como um todo. O teatro é pensado além do espetáculo, sendo estabelecida uma rede de ações de formação de plateia, inclusão cultural e desenvolvimento profissional, compartilhando histórias inspiradoras, conceitos inovadores e ideias transformadoras no âmbito da cultura. O Vivo EnCena é realizado há dez anos e está presente em 20 estados de todo o país, além de realizar ações próprias e a curadoria do Teatro Vivo, situado na capital paulista.
GRUPO PONTO DE PARTIDA
Com 32 anos de trajetória, o Grupo Ponto de Partida estabeleceu-se como uma referência na investigação teatral. Pesquisou e desenvolveu uma linguagem única para musicais brasileiros e construiu uma dramaturgia inédita a partir da obra de autores como Guimarães Rosa, Carlos Drummond de Andrade, Jorge Amado, Manoel de Barros, Adélia Prado, Bartolomeu Campos de Queirós e compositores como Milton Nascimento e Chico Buarque. O grupo formou-se tecnicamente com os principais nomes do país – Fernanda Montenegro, Sérgio Britto, Cacá Carvalho, Jorginho de Carvalho, Babaya, Gilvan de Oliveira, para citar alguns. E é também o responsável pela criação e coordenação dos projetos Coro Meninos de Araçuaí, Bituca: Universidade de Música Popular e Corredor Cultural Ponto de Partida.
SERVIÇO TRAVESSIA PONTO DE PARTIDA
Dias 08 e 09 de agosto - quinta e sexta-feira, às 20 horas. Teatro Jorge Amado - Av. Manoel Dias da Silva, 2177 - Pituba Duração: 60 minutos Classificação: Livre Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15 (Clientes Vivo, estudantes, professores e maiores de 60 anos) Informações: (71) 2626-5039
Clientes Vivo tem 50% de desconto para comprar até 02 ingressos. Devem apresentar cartão OU fatura recente paga OU voucher Programa Vivo Valoriza. Para todos ainda é necessário apresentar documento de identificação com foto. Desconto válido somente para o titular e não cumulativo com outras promoções e/ou descontos.
Informações: (31) 3516-1360 facebook.com/grupopontodepartida
SERVIÇO Encontros Vivo EnCena 09 de agosto, sexta-feira, às15h. Teatro Martim Gonçalves Escola de Teatro da UFBA
Não há necessidade de inscrições. A abertura da sala acontecerá às 15h. Avenida Araujo Pinho, 292 – Canela.
Informações: (31) 3236-7400 facebook.com/vivoencenaoficial facebook.com/grupopontodepartida
ASSESSORIA DE IMPRENSA Juliana Carvalho (71) 9283-7719 julycarvalho_3@hotmail.com

Assessoria Ponto de Partida Fátima Jorge (32) 9977 1028 fatimajorgepp@gmail.com

Comentários