Últimas

Vanessa recebe a imprensa para divulgar projeto Viva Tom Jobim em Salvador



A cantora Vanessa da Mata recebeu a imprensa na manhã da última sexta-feira (19), em uma coletiva de imprensa no Zank Boutique Hotel, em Salvador, para divulgar o projeto "Viva Tom Jobim". O show em homenagem ao cantor, compositor, músico e maestro Tom Jobim, será realizado neste domingo (21) às 16h30 no Largo do Farol da Barra. 

A entrada é de graça, e não há distribuição de ingressos. A direção e curadoria do projeto são de Monique Gardenberg, arranjos de Eumir Deodato e produção musical de Kassin.

Durante a coletiva Vanessa disse que se sente honrada em interpretar umas das grandes inspirações da sua carreira e que é um desafio imenso e novo encarar um projeto onde atua apenas como intérprete. "Acho esse parceria uma alegria. Acho que o Tom é um presente para mim e para muita gente, pela sua música poética. Sempre fui muito fã, estou completamente embevecida pelo Tom, pela sua música. Feliz de levar o Tom para a rua, para as pessoas menos favorecidas, que talvez não conheçam o trabalho dele. Para mim ele é totalmente popular, ao contrário do que muitas vezes se coloca", disse a cantora.


Sobre a seleção das 25 canções que fazem parte do show, que tem uma duração média de 1h30, ela falou que a escolha foi muito difícil por gostar de todas as músicas e cada uma delas ter um significado especial único. "Cada um tinha uma lista gigantesca. Eu tinha uma de 150. Monique (Gardenbeg - curadora do projeto) veio com uma de 60, que para mim foi essencial porque já estavam ligadas a um roteiro. Quando chegamos nas 30 (músicas) já estávamos morrendo, porque cada música é muito especial. Elas falam de amor, mas não se repetem", afirmou.

Visivelmente encantada com a proposta de interpretar Tom Jobim, Vanessa comentou que foram feitas versões de clássicos do artista que ganharam um ar de modernidade, mas não perderam a essência. Entre as canções escolhidas para o show, que ganharam toques diferentes estão "Eu sei que vou te amar", que ganhou arranjos de bolero, "Este seu olhar" e "por causa de você", que entram em um ritmo pop, e "Samba de uma nota só", que começa com uma levada nordestina. "A gente conseguiu fazer versões que trazem nossa personalidade", completou a cantora.


Performance
A cantora Vanessa da Mata disse que o projeto traz uma nova roupagem para sua performance. "Eu estou suave, mas não deixo de ser eu. É engraçado porque acho que consigo ser suave e forte ao mesmo tempo. (O projeto) trouxe um lado suave e um romance de menina, que gosto muito", revelou.

Vanessa contou ainda que sempre quis ser cantora. Ela disse que conheceu o trabalho de Tom Jobim e a Bossa Nova através de uma novela, que tinha na trilha uma das canções dele. "Quando ele foi para a rádio [por causa da novela] foi um estrondo. É uma escola que eu sempre quis fazer. Acho que 'amado' e 'Ainda bem' [músicas dela] têm influências da Bossa Nova. Essa maneira de usar melodia e letra é muito bonita. Fala de amor de uma maneira mui
to direta, não favorecendo o ego. Aproxima a gente muito do amor, coisa que a gente tem esquecido um pouco. Tom tem esse fio condutor de extrema ligação ao amor, por mais que não dê certo, é sempre muito bem feito (as canções)", concluiu.

Comentários