Últimas

TCA divulgou programação especial para comemorar mês do teatro e do circo em Salvador


Teatro Castro Alves realiza neste mês de março, o marco do Teatro e O Dia Mundial do Teatro e o Dia Nacional do Circo são celebrados na mesma data: 27 de março. Na Bahia, a mobilização em torno desta efeméride motiva a realização de diversas atividades durante todo o mês, chamando a atenção para a produção e as questões que se relacionam ao Teatro e ao Circo no estado. A Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado (SecultBA), se articula com a classe artística para também reverenciar este cenário pelo qual é responsável por promover. Entre as diversas ações promovidas este ano, está a programação especial no Teatro Castro Alves, maior complexo cultural da Bahia, que se torna palco principal das celebrações. Um total de 13 atrações, entre espetáculos adultos e infantis e conversas, integra uma lista de 31 sessões com ingressos que variam de R$ 1 a R$ 30 (valores de inteira).

O espetáculo “Bonitinha, mas ordinária”, dirigida por Luiz Marfuz e Fernanda Paquelet, abre a temporada com apresentações que acontecem a partir desta sexta-feira (1) até o dia 24 de março, com sessões sempre de sexta a domingo, na Sala do Coro do teatro, às 20h e com ingressos a R$ 20. O texto de Nelson Rodrigues comemora os 50 anos da primeira montagem histórica, dirigida por Martim Gonçalves, no Rio de Janeiro.
Neste domingo (3), o público poderá conferir a atração do programa Domingo no TCA, que apresenta o espetáculo “Amor Barato”, 18ª montagem do Núcleo TCA. A apresentação acontece às 11h com ingressos vendidos a R$ 1 (inteira), que começam a ser vendidos no mesmo dia, às 9h, na bilheteria do teatro. O acesso do público é imediato. O texto é assinado por Fábio Espírito Santo e é inspirado na obra infantil “O Casamento de Dona Baratinha”.

Já na quarta-feira (6), o TCA apresenta o projeto Conversas Plugadas, com a atriz e encenadora Tânia Farias. O bate-papo acontece às, 14 na sala do Coro, com acesso gratuito. A convidada irá debater a experiência com teatro de rua e formação artística. Na quinta-feira (7) o espetáculo Guerreiro, do Circo Picolino, será apresentado na sala principal do teatro, às 20h com ingressos a R$ 20.
No sábado (9) e domingo (10), o público poderá curtir a apresentação da montagem “Pólvora e Poesia”, que conta com a direção de Fernando Guerreiro. O espetáculo adulto é apresentado às 20h, com ingressos a R$ 30 (inteira). A montagem mostra o confronto entre a razão, a paixão e a vida desregrada de dois poetas transformadores do século XIX – Arthur Rimbaud e Paul Verlaine.
Na quarta-feira (13) o público pode conferir o premiado espetáculo “Seu Bonfim”, livremente inspirado no conto “A Terceira Margem do Rio”, de Guimarães Rosa, que mostra um contador de histórias do sertão brasileiro que narra a vida de um homem que abandonou a família e o cotidiano para se colocar em uma canoa, onde permanece durante décadas. A apresentação acontece na sala do Coro, às 20h com ingresso a R$ 20 (inteira).

“Siré Obá – A Festa do Rei” é apresentado na quinta-feira (14) e no sábado (15), às 20h, na sala principal do TCA. Com direção de Fernanda Júlia, a montagem se compõe como um espetáculo-festa que mostra, através do teatro, muita música, dança afro e a poesia da filosofia do culto aos Orixás. Já no sábado (16) e domingo (17) o público pode conferir a apresentação de Sargento Getúlio, da obra de João Ubaldo Ribeiro. O ingresso custa R$ (30), inteira.
nfantil – o público infantil poderá contar com uma programação especial, que apresenta espetáculos por R$ 20 (inteira), sempre aos sábados e domingos, às 16h. No sábado (9) e domingo (10) a montagem “De Sol, de Céu e de Lua”, é apresentado. Já o espetáculo Remendo, Remendó é exibido nos dias 16 e 17. “Meu Quintal”, a montagem infanto-juvenil de João Lima é apresentado nos dias 23 e 24. A história conta resgata a alegria e a riqueza das brincadeiras infantis antigas, mostrando que é possível se divertir com poucos recursos e sem brinquedos sofisticados.
Para fechar a programação do mês, no dia 27 de março, data que se comemora o dia do Teatro e do Circo, o projeto Conversas Plugadas recebe o ator, palhaço, diretor e pesquisador Demian Reis, que também lança o livro Caçadores de Risos – O Maravilhoso Mundo da Palhaçaria (Edufba). Reis é co-fundador do grupo Palhaços Para Sempre. Durante o bate-papo o autor abordará temas ligados às artes cênicas, especialmente a carreira dos palhaços e clowns. O acesso é gratuito.

Comentários