Últimas

Mulheres fazem manifestação contra lesbofobia em frente a ACBEU



Na tarde desta segunda-feira (04) militantes LGBT’s, a Marcha Nacional das Vadias e o GGB (Grupo Gay da Bahia) protestaram contra a violência sofrida por um casal de lésbicas na última sexta-feira (1º), nas dependências da ACBEU (Associação Cultural Brasil Estados Unidos).
Com faixas e cartazes, elas pediram justiça e punição para o agressor. Talita Andrade, namorada da vítima, participou do protesto ao lado do seu advogado e justificou a ausência da sua companheira. “Ela está muita abalada. Ela não tem condições físicas e psicológicas para participar deste ato importante contra a violência sofrida por nós. Não convocamos ninguém para participar deste ato. As coisas aconteceram muito naturalmente a partir das redes sociais e mostra como as pessoas estão mais atentas”, salientou Talita.


Para Luiz Mott, fundador do GGB, é preciso que seja feita uma investigação para verificar se houve ou não caso de homofobia. “Estamos aqui para defender as minorias. Vamos acompanhar este caso de perto, pois basta de homofobia na Bahia”, afirmou Mott.
Com megafone e palavras de ordem, elas seguiram com a manifestação em direção ao Campo Grande, fechando uma das laterais da rua principal.
Fotos: Genilson Coutinho/Dois Terços

Comentários