Últimas

Festival Artes do Sagrado terá 10 dias de programação gratuita na capital baiana



Fazendo jus à sua formação barroca, ao seu difundido sincretismo e ao seu tradicional acervo de arte sacra, Salvador abrigará o Festival Artes do Sagrado, de 22 de março a 01 de abril. O evento, que permanecerá fixo no calendário anual da cidade, pretende resgatar a importância nacional e internacional da Bahia enquanto espaço de interações privilegiadas e singulares entre o simbolismo das artes e o sentimento do sagrado. A idéia é envolver a população e atrair turistas, movimentando a capital baiana durante o período da Semana Santa. Entre as atividades gratuitas da programação estão a encenação do espetáculo épico A Paixão de Cristo, uma Feira de Arte, Antiguidades, Artesanato e Artigos Sacros, uma Série de Concertos sinfônicos e corais, uma Rota Gastronômica batizada de Santos Sabores, além de exposições especiais em vários museus da cidade que permanecerão em atividade durante todo o período do Festival.

Feira de Arte, Antiguidades, Artesanato e Artigos Sacros
Em parceria com o Instituto Mauá, a Feira será realizada de 28 a 31 de março, no Terreiro de Jesus, Pelourinho. Além de doar as barracas com toldos, o Instituto Mauá é o responsável pela seleção dos artesãos que irão compor a exposição e dos principais santeiros da Bahia para a Mostra de Santeiros. “Todo espaço que mostra o artesanato baiano é importante. Principalmente porque o nosso artesanato sacro está entre os mais bonitos do mundo”, comemora Elias Dourado, Diretor Geral do Instituto Mauá. A área da exposição, cujos artigos estarão à venda, terá o grupo Hare Krishna da Bahia, a Paróquia Nossa Senhora da Luz, as Obras Sociais Irmã Dulce, a Paróquia do Bonfim, a Saboneteria Artesanal Donalu e dez artesãos de peças sacras selecionados pelo Mauá.
Rota Gastronômica Santos Sabores
Sempre forte e muito simbólica durante a Semana Santa e toda a Quaresma, a Gastronomia é elemento fundamental também do Festival Artes do Sagrado. Um grupo de restaurantes foi convidado para elaborar um menu especial com comidas típicas da época, comercializando esses pratos com valores especiais. Todos os participantes estarão sinalizados com um selo da Rota Gastronômica Santos Sabores e os clientes que consumirem os pratos sugeridos ganham um par de convites para assistir o espetáculo “A Paixão de Cristo”. São esses os restaurantes confirmados até o momento: Casa de Tereza [da Chef Tereza Paim], Yemanjá, Plaza Gourmet, Casa Lisboa, Cantina da Lua, Pereira, Pelô Bistrot, Maria Mata Mouro, Ki-Mukeka e Ercolano.

Série de Concertos sinfônicos e corais
A coordenação musical do Festival Artes do Sagrado é assinada pelos maestros Dilton César e Ângelo Rafael. Entre as peças mais aguardadas estão os concertos clássicos Stabat Mater, de Giovanni Batista Pergolesi, que será regido por Dilton [dia 22 de março, na Igreja de São Francisco], e Messias, de Georg Friedrich Haendel, regido por Ângelo [dia 22 de março, na mesma igreja].
O primeiro é um hino conhecido como Stabat Mater Dolorosa [Estava a Mãe Dolorosa], um dos mais pungentes e diretos poemas medievais, que medita sobre o sofrimento de Maria durante a crucificação, enquanto o segundo é um oratório considerado como a mais famosa criação de Haendel, que narra a vida de Jesus Cristo desde a sua anunciação profética e está entre as mais populares obras corais da literatura ocidental. Ambos os concertos terão orquestras formadas por 16 músicos da Escola de Música da UFBA e da Orquestra Sinfônica da Bahia, sendo que o Stabat Mater terá a participação de duas solistas: a mezzo soprano Vanda Otero e a soprano Verônica Santos.
 Já o Encontro de Corais [dia 23 de março, na Igreja de São Francisco] terá a participação de cinco corais de Salvador, entre eles o do Mosteiro de São Bento, da Igreja Batista da Graça e do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia. Cada coro canta quatro músicas ou peças – todas relacionadas com temas da Semana Santa, como a Ave Verum Corpus, de Mozart, e o Judas Mercator Pessimus, de Tomás Luiz de Victoria. Por fim, encerrando a programação musical, haverá duas apresentações de canto gregoriano, dias 28 e 29 de março, no Mosteiro de São Bento.

Museus em funcionamento

Durante todo o período do Festival Artes do Sagrado, de 22 de março a 01 de abril, os museus parceiros estarão em funcionamento contínuo, com seus acervos fixos e exposições especiais. A iniciativa garante que os turistas em visita na cidade durante a Semana Santa encontrarão tais espaços, já que muitos deles, ironicamente, costumavam fechar em feriados santos. Assim, permanecem abertos ao público: Museu de Arte da Bahia, Museu de Arte Sacra, Memorial Irmã Dulce, Centro Cultural Solar Ferrão, Museu Abelardo Rodrigues, Instituto Feminino, Museu Carlos Costa Pinto e Museu da Misericórdia.

  
Espetáculo A Paixão de Cristo
Em seu terceiro ano consecutivo, mas dessa vez como parte integrante do Festival Artes do Sagrado, o espetáculo A Paixão de Cristo será de 26 de março a 01 de abril. Serão sete apresentações na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, sempre às 18h30. Com um conceituado elenco de 70 atores e um coro de 100 vozes regido pelo maestro Dilton César, a encenação segue uma estética de teatro épico e popular. “Nossa proposta artística é a da realização de uma linguagem de teatro clássico, com recursos modernos e efeitos especiais, como o voo do arcanjo Gabriel e a ascensão de Cristo”, explica Paulo Dourado, diretor do espetáculo.

 Pensando na ação social do Festival Artes do Sagrado, os ingressos para as apresentações serão trocados gratuitamente por 2kg de alimento não perecível na bilheteria do TCA. As Obras Sociais Irmã Dulce, que apóiam o espetáculo, receberão os donativos. São esperados 35 mil espectadores durante os sete dias da encenação, cerca de 5 mil por dia. Por isso a permanência do palco da Concha Acústica, que é grande o bastante e não costuma receber outras apresentações de teatro ao longo do ano. “Fazer teatro na Concha é um desafio, pois é preciso ter o controle de uma grande plateia. No ano passado, foram cinco apresentações e todas estavam lotadas por um público sensível e agradecido”, lembra Dourado.


 Grade parcial de programação

 28 a 31/03 - Feira de Artigos Sacros e Antiguidades. Local: Terreiro de Jesus, Pelourinho. Horário: 10h às 18h.
· 26/03 a 01/04 – Espetáculo teatral A Paixão de Cristo. Local: Concha Acústica do TCA. Horário: 18h30.
 22 a 31/03 – Rota Gastronômica Santos Sabores. Local: restaurantes diversos.
 28 a 31/03 – Circuito de Cinema com filmes de arte relacionados à Paixão de Cristo. Local: Salas de Arte e Cine Teatro Saraiva Iguatemi.
 22/03 - Stabat Mater com Maestro Dilton César. Local: Igreja de São Francisco. Horário: 18h.
23/03 - Encontro de Corais (Maestros Dilton César e Ângelo Rafael). Local: Igreja de São Francisco. Horário: 18h.
 25/03 - Messias com Maestro Ângelo Rafael. Local: Igreja de São Francisco. Horário: 18h.
 28/03 – Canto Gregoriano. Local: Mosteiro de São Bento. Horário: 18h.
· 29/03 - Canto Gregoriano. Local: Mosteiro de São Bento. Horário: 15h.
 Museus diariamente: Museu de Arte da Bahia, Museu de Arte Sacra, Memorial Irmã Dulce, Centro Cultural Solar Ferrão, Museu Abelardo Rodrigues, Instituto Feminino, Museu Carlos Costa Pinto e Museu da Misericórdia.
Ficha Técnica – Festival Artes do Sagrado
 Diretor Geral: Paulo Dourado
Diretora de Produção: Simone Carrera
Coordenadores de Produção: Luciana Muller (Núcleo A Paixão de Cristo) e Alberto Lyra (Núcleo Pelourinho)
Coordenação musical: Maestros Dilton Cesar e Ângelo Rafael
Realização: Sole Produções

Comentários