Últimas

Universidades federais aceitam pedido de apoio de Jean Wyllys pela campanha pelo casamento civil igualitário



A Universidade de Brasília e a Universidade Federal do Vale do São Francisco responderam positivamente, 
através de ofícios enviados ao gabinete do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), aos pedidos de apoio à causa do casamento civil igualitário, campanha apartidária e plurissetorial que toma como exemplo as experiências bem sucedidas de outros países, como a Espanha, a Argentina e Portugal. 

Cientistas, esportistas, cantores e cantoras, atores, atrizes, escritores e escritoras, jornalistas, artistas, líderes políticos, militantes sociais, religiosos e religiosas, educadores e educadoras, organizações da sociedade civil, tanto gays e lésbicas quanto heterossexuais, participam da campanha nacional de apoio ao Projeto de Emenda Constitucional que, por fim, instrumentaliza na constituição o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Jean Wyllys ressalta em sua carta que “a luta pela igualdade de direitos civis para os casais homossexuais, como outras lutas semelhantes que houve ao longo da história da humanidade (o voto feminino, o fim da segregação racial etc.) é, também, uma luta entre o preconceito e a informação, entre a ignorância e o conhecimento. As universidades como casas do saber, da cultura, da educação, da pesquisa e da produção de conhecimento, são fundamentais para a construção e o sucesso dessa causa”.  Por isto é tão importante que tais instituições, em todo o país, se posicionem publicamente a favor do casamento civil igualitário.

Esta carta foi enviada a 55 instituições federais de ensino superior, das quais ainda aguardamos respostas positivas.
Conheça a campanha nacional pelo casamento civil igualitário:  www.casamentociviligualitario.com.br


Comentários