Últimas

Oficina de videodança abre semana dedicada às culturas negras no Pelourinho



Ministrado pelos profissionais Dixon Quintian e Soraya Vargas (Fundação Imagem e Movimento/Colômbia) e Jaqueline Vasconcelos (Conexão ZAT/São Paulo), a I Oficina de Videodança Afrocontemporâneo Bahia começou hoje (07/11) e termina na sexta-feira (09/11), na Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), no Pelourinho. A oficina integra o I Encontro das Culturas Negras, realizado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult/BA), que tem como finalidade contemplar e difundir as mais diversas formas de manifestações das culturas da diáspora africana.

“Sou baiana e ensinei aqui na Funceb por quatro anos. Estou de volta Salvador, dessa vez para ministrar este curso de videodança. Selecionamos algumas pessoas que fazem parte das comunidades negras ou que desenvolvam alguma ação neste sentido”, explica Jaqueline Vasconcelos. A professora é responsável pelo Gran(de) Angular, conjunto de ações educativas e criativas do projeto Conexão ZAT (Zona Autônoma Temporária), que consiste em realizar parcerias com agentes, instituições e agrupamentos, para promover o desenvolvimento da área da videodança.

Os alunos foram convidados a realizar uma coreografia montada a partir do movimento de cada participante. A todo o momento, os professores Dixon Quintian e Soraya Vargas instigaram os participantes a falar de sensações e lugares. “Hoje fizemos a imersão no grupo. O trabalho foi dividido em três etapas – roteiro, produção e edição/montagem. Amanhã (08/11) sairemos a campo para os locais selecionados e faremos a gravação do que ensaiamos hoje. A ideia é trazer esse ensinamento entre dança e vídeo e iremos compartilhar a nossa produção em redes sociais para o maior número de pessoas”, aponta Dixon Quintian, representante da Fundação Imagem em Movimento, fundada em 1994 no Chile.

Abertura oficial do I Encontro de Culturas Negras será amanhã (08/11)

A execução do Hino Nacional por Mestre Dinho e do Hino 02 de Julho pela Orquestra de Berimbaus, com Nei Sacramento, irão abrilhantar a noite do dia 8 de novembro, no Forte da Capoeira, no Largo Santo Antônio Além do Carmo – Pelourinho. As apresentações integram a solenidade de abertura do I Encontro das Culturas Negras. Realizado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult/BA), o evento acontece entre os dias 8 e 12 de novembro, em Salvador e Santo Amaro da Purificação. A programação será iniciada às 18h e a entrada é gratuita.

Às 18h30, será formada a mesa institucional, com presença do governador do estado, Jaques Wagner, do secretário de Cultura da Bahia, Albino Rubim, além de representantes do Ministério da Cultura, Ministério das Relações Exteriores e da Fundação Palmares. Completam a mesa a representante da Secretaria de Promoção de Políticas de Igualdade Racial – nacional e estadual -, da Secretaria Municipal de Reparação, Taata Anselmo Santos MinatojyTerreiro Mokambo, o presidente do Ilê Aiyê, Antônio Carlos dos Santos Vovô e Manoel Nascimento Machado, o Mestre Nenel.

Comentários