Últimas

Revista JUNIOR busca gays que trabalham como segurança, borracheiro, caminhoneiro, pedreiros



As barreiras sexuais estão cada vez mais tênues, é verdade. Mas elas ainda existem. Em especial no campo profissional. Existem profissões em que é raro encontrar homossexuais. Normalmente, os serviços mais braçais são menos procurados por mulheres  e também por homossexuais, que encontram neles ambientes mais hostis. É o caso das borracharias e seus ambientes cheios de pôsteres de mulheres nuas, muita gracha e força física. Pintor de parede, pedreiros, encanadores, caminhoneiros também são profissiões com predominância quase clompleta de homens heterossexuais. Mas é claro que existem homossexuais atuando nestes campos profissionais. 

  A revista JUNIOR quer conhecer essas pessoas e contar suas histórias. Se você é ou conhece alguém que se encaixa neste perfil, entre em contato com a revista no e-mailedicaomixbrasil@uol.com.br
A revista não identificará a pessoa se ela desejar.

Comentários