Últimas

Margareth Menezes faz show NO PROJETO DOMINGO NO TCA



No ano em que completa 25 anos de carreira, a cantora e compositora Margareth Menezes volta ao palco do Teatro Castro Alves para um show especial dentro do projeto Domingo no TCA. A apresentação será no próximo dia 17, na Sala Principal do TCA, às 11 horas. Os ingressos custam R$ 1,00 (inteira), vendidos no mesmo dia, a partir das 9 horas, com acesso imediato do público.
 Dentro da proposta de garantir acessibilidade com ingressos de baixo custo, a artista prepara um show novo, com formato memorialístico e competente produção técnica. No repertório, Margareth resgata canções de todas as épocas da carreira, como Canto Pra Subir e Luz Dourada, interpretações já consagradas em sua voz, como Alegria da Cidade e Me Abraça e Me Beija, releituras de canções de Os Tincoãs, Jards Macalé, Gilberto Gil, Dorival Caimmy, Jorge Amado e composições próprias, como Vai Mexer,Amor Ainda e Passe em Casa. A apresentação não deixa de fora hits comoDandalunda, Toté de Maianga, Elegibô, Selei (Saudação ao Caboclo) e Faraó.
 “Fomos buscar uma sonoridade que já era moderna há 25 anos. Aliamos a isto qualidades inerentes à artista, que tem uma formação teatral e expressividade cênica. Nossa proposta é realizar um show de maneira integrada, que coloque não somente a voz, mas toda a expressão fisionômica em destaque”, conta André Simões, que assina a direção artística. Segundo ele, algumas surpresas estão sendo preparadas, entre elas, momentos de poesia, falas e encontros especiais com lembranças da carreira.
 “O repertório é um retrato musical da carreira de Margareth, com resgates de cada época”, comenta o diretor musical Nestor Madrid, produtor do primeiro disco da artista, Um Canto pra Subir, além dos subsequentes Kindala e Luz Dourada. A apresentação de domingo, assim como o espetáculo que ocorreu em fevereiro, na Concha Acústica do TCA, passará por um registro audiovisual.
 REDE DA VIDA – A cenografia do show segue a proposta da estética afropop. Cordas de sisal entrelaçadas vão envolver a artista e a banda representando a dualidade conceitual de uma rede, que é raiz e também antena. “Da puxada de rede dos nossos pescadores, até as tramas do nosso descanso e a conexão virtual da web, tudo isso traz um pouco do rústico e do moderno. Além disso, a ideia da rede simboliza os cruzamentos e as linhas da vida. A artista completa 25 anos de carreira e essa trajetória é fruto destes caminhos”, indica Zuarte JR., que assina a cenografia.
  A rede tem densiade suficiente para receber o desenho de luz de Irma Vidal, conhecida pelo trabalho em peças teatrais. “Nossa proposta é trazer elementos do teatro para a música, numa forma de encarar o show como um espetáculo, de fato”, indica André Simões.
 No palco, Margareth Menezes estará acompanhada dos músicos Thiago Nogueira (bateria), Guto Messias, Osmar Purificação e Jonielson Costa (percussão), Danilo Costa (teclado), Théo Silva (guitarra), Adilmar Borges (baixo), Luciano Silva (sax e teclados), Tita Alves, Aline Menezes e Mariana Silva (vocais). A produção do evento é da Estrela do Mar.
 SOBRE – Uma das mais potentes vozes da música popular brasileira, Margareth Menezes tem 25 anos de carreira e a versatilidade de uma artista que brilha nos palcos e vibra nos trios elétricos. Sua intensa carreira começou em 1987, quando gravou o primeiro LP single (Faraó – Divindade do Egito, de Luciano Gomes) e vendeu mais de 100 mil cópias. Atualmente, a artista soma 14 CDs/LPs e 4 DVDs. Fiel às raízes, ela mistura na música elementos africanos, brasileiros, indígenas e pop, num movimento que denomina Movimento Afropop Brasileiro.
 Por seu talento como cantora e compositora, Margareth Menezes ganhou projeção internacional desde a década de 90, quando integrou a turnê Rei Momo, do grupo Talking Heads, a convite de David Byrne. Desde então, a artista soma 22 turnês internacionais. Seu álbum Kindala (1993), que teve participação de Jimmy Cliff, rendeu a primeira indicação ao Grammy mundial.
 Com o CD Margareth Menezes Pra Você (2006) e o CD/DVD Brasileira (2006) foi novamente indicada. Em 2004, com as participações de Alcione e da bateria da Mangueira, Margareth gravou seu 1º DVD (Ao vivo no Festival de Verão Salvador), que vendeu 50 mil cópias. Em 2010, a artista fez o lançamento do seu mais recente trabalho, o DVD Naturalmente – Acústico.
 SERVIÇO
 O quê: DOMINGO NO TCA ESPECIAL – Margareth Menezes
 Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves
  Quando: 17 de junho, às 11 horas (com possibilidade de uma segunda sessão)
  Ingresso (inteira) R$ 1,00 – vendido  no mesmo dia, a partir das 9h / acesso imediato do

Comentários