Últimas

Largos do Pelô funcionam normalmente e oferecem forró todo o mês de junho



Os três largos do Pelourinho (Tereza Batista, Pedro Archanjo e Quincas Berro D’Água) onde ocorrem programações artístico-culturais promovidas pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura do Estado (Secult) estão funcionando normalmente. “E, a partir da próxima semana (04 a 10.06) iniciamos a programação junina com intensa grade de shows até o final do mês”, informa a diretora do CCPI, Arany Santana.

De janeiro a maio deste ano (2012) os largos funcionaram normalmente com programações eventuais, já que após o carnaval os espaços passam por reparos para receber, em junho, uma grade intensa de shows do São João. Em janeiro e fevereiro ensaios de verão e Carnaval com mais de 230 atrações.

Em março, a tradicional Quitanda do Saber de Alaíde do Feijão e show de Mariene de Castro no Dia da Mulher. Abril, shows de lançamento do CD Diamba e projeto Seja Você Também um Sambista Solidário. Em maio, Trio Nordestino todas as quintas-feiras. Shows da Baiana System, Cabeça de Nós Todos e aniversário da Rádio Tudo FM complementam a programação além de outras ações.

Os largos internos dos quarteirões surgiram a partir da junção de antigos quintais das casas desapropriadas pelo Estado na década de 1990. Desde então, esses espaços públicos sediam eventos artísticos, gerando mais um atrativo para visitação da área do Centro Histórico de Salvador tombada pelo Ministério da Cultura (MinC) como Patrimônio do Brasil.

Os três largos serão totalmente remodelados a partir de um projeto executivo contratado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), autarquia vinculada à Secult, que administra alguns dos imóveis desapropriados pelo Estado na área. “Em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) realizamos um Concurso Nacional de Ideais para esses três largos, anunciando no último dia 29 de março – 463º aniversário de Salvador – o projeto vencedor, entre 33 concorrentes, que estará no site www.ipac.ba.gov.br para apreciação a partir da sexta-feira, dia 1”, explica o diretor geral do IPAC, Frederico Mendonça.

O júri internacional composto por renomados arquitetos brasileiros e estrangeiros escolheu o vencedor com base nos critérios de contextualização com o meio ambiente, a funcionalidade, circulação, visibilidade, acústica, viabilidades econômica, social e tecnológica. Outras informações sobre o Concurso do IPAC para os largos podem ser obtidas no site www.iab-ba.org.br/concursolargospelourinho e conferidas ainda nowww.ipac.ba.gov.br.

Comentários