Últimas

Queens of Club" com DJ Nina Lopes de São Paulo




Neta de um exímio violonista e filha de “cantora do rádio” Nina Lopes passou a infância ouvindo da música de raiz ao erudito, sem preconceitos. E isso acabou ajudando, e muito, na construção de uma case criativa e talentosa no comando de suas cabines. DJ Nina Lopes é uma das convidadas do projeto “Queens of Club”. Uma festa mensal, no espaço da Concorde Club (Sul), que reunirá doze DJs convidadas. Em cada edição, o público pode aguardar uma surpresa.

E para celebrar essa nova proposta, Nina fez um set especial “Queens of Club Celebration Special Set Mix”. E a própria DJ fala sobre a criação e construção de seus sets: “Muitos me perguntam o que me inspira na hora de criar um set. Na verdade, o que define onde meu set vai chegar é a primeira música. Como eu estudei violoncelo, conheço mais que melodia e ritmo. Conheço harmonia e procuro aplicar isto eles. 

Se começo o set com uma música em lá menor, por exemplo, a próxima música será mi menor ou ré menor e assim sucessivamente. Se eu introduzo uma música com uma tonalidade muito longe daquela sobre a qual estou mixando, os elementos “gritam”, “brigam entre si”, porque estão totalmente fora de harmonia.



Além da harmonia há também a temperatura da música. Já reparou como algumas músicas te fazem querer pular, dançar e outras, embora você também dance, não te entusiasmam tanto? Geralmente começo o set com uma música mais “fria”, vou “esquentando” e volto a “esfriar” até o final do set. As músicas do meio do meu set são aquelas que te fazem querer gritar e pular, pois são as mais quentes e vou esfriando novamente para te trazer de volta pro chão!



Confesso que mixar assim dá o triplo de trabalho. Não se trata apenas de uma escolha de músicas, mas de um cuidado todo especial para que a experiência de ouvir o set seja a mais agradável possível. É um carinho e um cuidado extra que tenho com quem gosta do meu trabalho. Chego a selecionar 80 músicas para conseguir harmonizar 10 em uma escala perfeita.



Agora que você sabe meu segredo, ouça o set prestando atenção na temperatura das músicas. No caso deste especificamente, a música mais “quente” é Bomba, do Mark Alvarado. Tenho certeza que ela te faz ter vontade de dançar. E muito. “

Comentários