Últimas

Exposição “balaiodearte” apresenta obras que narram o cotidiano do homem nordestino


Pedaços de ferro e sucatas se transformam em personagens que contam a história do cotidiano do homem nordestino. É desse modo, com simplicidade e criatividade, que o artista plástico feirense, Ronaldo Lima, dá vida à repentistas, cangaceiros, garimpeiros da Chapada e ao ambiente rústico do Nordeste. Batizada de “balaiodearte”, a exposição do artista feirense chega à Salvador no dia 4 de abril e fica exposta até o dia 14 de maio no foyer do Teatro SESC Casa do Comércio.
A mostra foi inaugurada em setembro de 2010, no Museu de Tecnologia Parque do Saber, em Feira de Santana e ficou exposta durante oito meses, atraindo públicos de todas as idades e classes sociais. As obras são compostas por materiais de ferro reciclados adquiridos em usinas, indústrias, serralherias, ferros velhos, oficinas de motos, sucatas de bicicletas e de carros,  que nas mãos do artista tornam-se espetaculares obras de arte.
Com o objetivo de difundir a arte brasileira, especificamente a baiana, e contribuir para a propagação da cultura entre todas as faixas etárias e âmbitos sociais, Ronaldo Lima utiliza suas esculturas para narrar a relação do homem nordestino com os contrastes e conflitos da sociedade; com a cultura, a política, o clima, a tecnologia e seus efeitos do ponto de vista regional, nacional e internacional.
O artista trabalha com uma criação livre, dispensa o uso de desenhos, réguas, ou mesmo de um molde e parte apenas de suas mãos e da imaginação para criar suas peças. São esculturas que possibilitam à população entrar em contato com a arte de forma direta e revelam um conjunto de obras que se destacam por sua beleza e olhar crítico.
SERVIÇO:
O que: Exposição “balaiodearte”
Artista: Ronaldo Lima
Quando: De 4 de abril a 14 de maio
Onde: Foyer do Teatro SESC Casa do Comércio
Valor: Gratuito
Tilápia vira prato principal de 19 restaurantes de Salvador

Comentários