Últimas

Estreia em Salvador a peça Entre Nós – Uma Comédia Sobre Diversidade


Sucesso arrebatador entre os jovens estudantes da rede pública, o espetáculo Entre Nós – Uma Comédia Sobre Diversidade estreia para o grande público no Teatro Gamboa Nova, dia 06/01 (sexta-feira), às 20 horas, onde fica em cartaz durante todo o mês de janeiro, de quinta a domingo, até dia 29/01. No dia anterior a estreia (05), a produção fará o último ensaio aberto do espetáculo. Nesta divertida estória, dois jovens atores se embaraçam em seus próprios conceitos sobre homossexualidade e só sairão dessa enrascada com a interação do público. Os ingressos custam R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira), com entrada franca para professores e alunos da rede pública (escolas e universidades) que comprovarem o vínculo.

O texto e a direção ficam por conta do experiente e jovem João Sanches (Eu Te Amo Mesmo Assim/ Pague Pra Ver), que recentemente trabalhou com João Falcão, como colaborador do projeto “Clandestinos” – que deu origem à série global homônima. Além de escrever e dirigir, Sanches também cuidou da iluminação e do figurino de “Entre Nós”. O espetáculo traz no elenco, Igor Epifânio (Mestre Haroldo e os Meninos/ A Bofetada) e Anderson Dy Souza (As Velhas/ Policarpo Quaresma), e conta com o músico Leonardo Bittencourt, que faz a trilha sonora ao vivo.

A peça gira em torno de dois atores em processo de criação de uma estória de amor entre dois jovens gays, personagens batizados por eles de Fabinho e Rodrigo. Neste meio tempo, os atores se embaraçam na concepção da estória, por conta dos próprios preconceitos, recalques e visões de mundo diferentes a cerca do tema diversidade sexual.

Com tantos encalços nesta criação, eles resolvem solicitar ao público que decida sobre o desfecho da peça: se o casal de personagens deve ficar junto, e, em caso positivo, se a peça deve terminar com um beijo entre eles ou não. Segundo João Sanches, a importância desse trabalho é discutir o respeito às diferenças. “A comunidade LGBT ainda não tem uma legislação que proteja seus direitos. No caso da homofobia, por exemplo, não existe uma lei como a Maria da Penha, a do Racismo ou um Estatuto do Idoso.” afirma Sanches.

Assim como na vida real, Entre Nós – Uma Comédia Sobre Diversidade apresenta um nó difícil de ser desatado. Enquanto os personagens Rodrigo e Fabinho encaram suas sexualidades com naturalidade, os atores que os interpretam se constrangem, se confrontam e se atrapalham em cenas carregadas de humor. Esses momentos são pontuados pela trilha sonora executada ao vivo por Leonardo Bittencourt, que também assina a direção musical.

Mais de setecentos alunos da rede pública assistiram a peça que foi contemplada com o Edital de Culturas LGBT do Centro de Culturas Populares e Identitárias, e conta com o apoio financeiro da Secretaria de Cultura e da Fazenda do Governo do Estado da Bahia, através do Fundo de Cultura.

Segundo relatórios dos professores destas escolas, o espetáculo teve uma aceitação muito positiva e madura por parte dos alunos. O professor Irlan Santos, do Colégio Estadual Dep. Manoel Novaes, relatou que em nenhum momento a peça soou panfletária ou forçou a barra em alguma direção. “Fechar a peça com o beijo, como resultado do voto da plateia, foi perfeito. O casal ali de pé se beijando por um longo tempo provocou sentimentos, discussões e o melhor, deixa o questionamento pairando no ar, que é um beijo como outro qualquer, só que entre pessoas do mesmo sexo, então, o que há de anormal nisso?”, afirma o professor. A ideia da produção é continuar realizando apresentações em escolas públicas paralelamente às temporadas comerciais.

Serviço:
O quê: Entre Nós – Uma Comédia Sobre Diversidade
Quando: 06 a 29/01/2012 (quinta, sexta, sábado e domingo)
Horário: 20h
Onde: Teatro Gamboa Nova
Valor: R$ 10 (inteira) R$5 (meia), entrada franca para estudantes e professores da rede pública de ensino, mediante a apresentação de um comprovante acompanhado de documento com foto.
Classificação: 14 anos
Informações: (71) 3329-2418

Realização: Teatro Gamboa Nova

Ficha-técnica
Texto, direção, figurino e iluminação: João Sanches
Elenco: Igor Epifânio e Anderson Dy Souza
Trilha sonora ao vivo: Leonardo Bittencourt
Assistência de direção: Danilo Souto Pinho e Ricardo Fagundes
Cenário: Daniela Steele
Produção: Da Preta Patrícia Produções - Patrícia Rammos
Assessoria de imprensa: Leonardo Parente
Crédito das fotos: Sora Maia


Comentários