Últimas

Entre Carmens e Severinas em novas apresentações

Depois de uma bem sucedida temporada do espetáculo Entre Carmens e Severinas em 2009, e sua reapresentação em 2010 - em eventos exemplo do Madre Verão, a convite da prefeitura de Madre de Deus, na comemoração do mês da dança no Teatro Gamboa Nova e no Tabuleiro da Dança, no SESC Pelourinho - o diretor e professor do grupo Flamencantes, Daniel Moura, decide remontar a estória em 2011, que estréia no dia 30 de setembro e fica em cartaz até o dia 2 de outubro, no Teatro Martim Gonçalves, sempre às 20h.
Pensar a dança flamenca como meio de construção de outros significados é uma das preocupações levantadas por Daniel Moura.  “Sendo eu, brasileiro, baiano e nordestino como representar uma cultura hispânica e fazer de sua dança uma das minhas premissas investigativas?”.
O espetáculo Entre Carmens e Severinas é uma tentativa de resposta a esse questionamento, onde o diretor une a cultura nordestina com elementos da dança flamenca.
A interação entre as duas culturas é percebida no figurino, na trilha musical e no cenário. Este último com iluminação assinada por Márcio Nonato, reforçando a idéia de passagem de tempo. Já as músicas, executadas ao vivo, possuem arranjos que misturam os ritmos do nordeste com a música espanhola.
O título do espetáculo é uma referência ao cinema espanhol - com destaque para Carmen, dirigido por Carlos Saura, em 1983 - e a literatura brasileira, a exemplo da obra Morte vida Severina, de João Cabral de Melo Neto.
Serviço:
O quê: Espetáculo de dança Entre Carmens e Severinas;
Quando: Dias 30 de setembro, 01 e 02 de outubro de 2011 (sexta-feira, sábado e domingo) às 20 horas;

Comentários