Últimas

O clima de guerra se estende aos bastidores de Cordel Encantado


O clima anda meio tenso nos bastidores da novela Cordel Encantado, exibida pela Rede Globo. Depois da briga entre os atores Cauã Reymond e Bruno Gagliasso, que interpretam Jesuíno e Timóteo. Tudo começou após uma cena de briga entre os atores e teve continuidade na ilha de edição onde Cauã tentou decidir sobre alguns cortes nas cenas em que Gagliasso estava, segundo Patrícia Kogut, e a diretora-geral, Amora Mautner, precisou intervir para acalmar os ânimos.
Mas parece que os ânimos da diretora também precisam ser acalmados, pois foi publicado na coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, houve uma discussão enorme entre a diretora e Deborah Bloch, que interpreta a vilã Úrsula. O motivo teria sido ciúmes do sucesso dos personagens de Zezé Polessa e Marcos Caruso.
Só que houve um desentendimento mais recente envolvendo Mautner, Osmar Prado, o delegado Batoré, andou reclamando que estava cansado com a demora e a desorganização nas gravações e quando isso chegou aos ouvidos da diretora, esta resolveu dizer (aos berros) que se Osmar estivesse insatisfeito, que pedisse para sair da novela. Ao que parece até o último capítulo deverá haver mais batalhas, não entre os cangaceiros e os poderosos, mas entre a direção e seus dirigidos.


COMENTE NO FACEBOOK

Comentários