Últimas

Carlinhos Brown lança instrumento percussivo para a copa de 2011

Carlinhos Brown lançou, em Salvador, um instrumento percussivo derivado do caxixi como sugestão de um “sound symbol” para a Copa do Mundo de 2014. Batizado pelo músico de Caxirola, a ideia é que o instrumento possa ser um marco no campeonato que terá o Brasil como país-sede. O instrumento foi apresentado no final da semana passada durante o lançamento do projeto Território Candeal 2014, que visa promover o desenvolvimento socioeconômico do bairro do Candeal, em Salvador, através de capacitações e intervenções urbanas e culturais.

Segue texto feito por Carlinhos Brown sobre a Caxirola:

A África e suas conexões

A vuvuzela mostrou uma forma extraordinária de zelar pelas tradições e fazer mais visível a união do futebol com a música. Tornou a copa do mundo africana inesquecível e deixou a sugestão de que podemos utilizar da tradição e dos nossos instrumentos para aumentar o eco da voz de nosso povo. A Caxirola vem como a filha mais nova da vuvuzela, mas com o formato, designer e sonoridade diferentes.

Baseada no caxixi, instrumento usado no toque do berimbau na capoeira, criei a Caxirola como uma forma de amplificar a alegria de torcer. O designer é todo novo, com material reciclado. Meu desejo é fazer com plástico verde para promover, nos estádios, a energia limpa que sai num grito de gol. Para isso, tenho algumas ideias... Vale coreografia, vale música, vale caxirolar.

Tenho certeza que esse é um instrumento importante para a economia criativa pelo seu poder de popularização. Ela vem com a inspiração do projeto social que desenvolvemos no Candeal (Pracatum) e dá espaço para o segundo passo dessa comunidade a qual faço parte que será o Candeal Território 2014. Traz também o chiado de que podemos ganhar a Copa e ganhar com a Copa. Pé na bola, mão no couro. Quero lembrar que, com ela, podemos repercutir no estádio até o som das águas. Caxirola para todos. Aguardem...

Atenciosamente,

Seleção baiana de percussão!
By Carlinhos Brown



COMENTE NO FACEBOOK

Comentários