Últimas

"Saber que ela morreu feliz nos faz sentir melhor", diz pai de Amy Winehouse


O funeral de Amy Winehouse aconteceu nesta terça-feira (26), em Londres. Horas depois, o pai da cantora, Mitch Winehouse, emitiu um comunicado sobre a morte da filha aos 27 anos de idade.
"Saber que ela não estava deprimida, saber que ela morreu, mas saber quer ela morreu feliz nos faz sentir melhor. Ela estava feliz como não ficava há anos", escreveu na mensagem para a imprensa segundo a revista People.
No comunicado, o ex-taxista e cantor ainda define a filha como um amor, que estava com bom humor após superar as drogas há três anos. Mitch ainda afirma que a filha tinha acabado de completar três semanas sem consumir bebidas álcoolicas, o que era uma recuperação fantástica. 
O pai da estrela revelou também que conversava pelo menos três vezes ao dia com a filha e que Amy estava ansiosa por seu futuro com o namorado Reg Traviss, com quem havia reatado e contado com a ajuda para superar seus vícios.
Mitch detalha por fim, que na noite antes de sua morte, Amy cantou e tocou bateria em seu quarto, parando apenas quando o segurança a orientou do barulho para o horário. Na manhã seguinte, quando ele foi até o quarto da cantora, a encontrou morta.
Ao saber da morte repentina da filha, a primeira coisa que o músico pensou foi em criar uma fundação em sua homenagem para cuidar de duas coisas que ela amava, crianças e cavalos, mas também para ajudar dependentes de substâncias controladas. 
"Amy foi a maior filha, familiar e amiga que você jamais poderia ter", declarou ao fim do comunicado.



COMENTE NO FACEBOOK

Comentários