Últimas

Oscar brasileiro premia os melhores do cinema nacional


Em sua 10ª edição, o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro acontece nesta terça-feira, dia 31. Criado para valorizar as produções nacionais, o evento é promovido pela Academia Brasileira de Cinema, que reúne atores, atrizes, produtores, diretores e técnicos, e é presidida pelo cineasta Roberto Farias. A festa reunirá 1200 convidados no Teatro João Caetano, Rio de Janeiro, a partir das 20 horas.
O destaque da noite certamente será o baiano Wagner Moura, que concorre ao prêmio de Melhor Ator pelo filme "Tropa de Elite 2" (José Padilha) e, ao que tudo indica, vai levar o troféu para casa. Vale a pena lembrar que este ano, o interprete do Capitão Nascimento foi o grande homenageado do Prêmio Braskem de Teatro, que celebrou os baianos nas telas de cinema. Na ocasião, Wagner ficou extremamente emocionado e relembrou o início de sua carreira em Salvador. Concorrem com ele Paulo José, por "Quincas Berro D'Água", Marco Nanini, por "O bem amado", Chico Diaz, por "O sol do meio-dia", Ângelo Antonio e Nelson Xavier, ambos por "Chico Xavier".
Na principal categoria, a de Melhor Longa-metragem, o filme de José Padilha compete com "Chico Xavier", "As melhores coisas do mundo", "Olhos azuis", "5x favela - Agora por nós mesmos" e "Viajo porque preciso, volto porque te amo". Já na disputa de Melhor Atriz, as indicadas são Alice Braga, por "Cabeça a prêmio", Christiane Torloni, por "Chico Xavier", Ingrid Guimarães, por "De pernas pro ar", Glória Pires, por "Lula, o filho do Brasil", e Marieta Severo, por "Quincas Berro d'Água".
Na 10ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, os homenageados são Lucy e Luiz Carlos Barreto, responsáveis por clássicos do cinema nacional como “Terra em transe”, “Dona Flor e seus dois maridos”, “Bye bye Brasil” e “O que é isso companheiro?”. Para quem não votou, ainda dá tempo de participar. Basta acessar o site da Academia Brasileira de Cinema e escolher sua preferência nas três categorias abertas ao público, melhores longa-metragem de ficção, documentário e longa-metragem estrangeiro.
Confira abaixo a lista dos indicados ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro!
Melhor longa-metragem:- "5x Favela - Agora por nós mesmos"
- "Chico Xavier"
- "As melhores coisas do mundo"
- "Olhos azuis"
- "Tropa de elite 2"
- "Viajo porque preciso, volto porque te amo"

Melhor documentário:
- "Dzi Croquettes"
- "O homem que engarrafava nuvens"
- "José e Pilar"
- "Noite em 67"
- "Rita Cadillac - A lady do povo"
Melhor direção:- Daniel Filho - "Chico Xavier"
- José Joffily - "Olhos azuis"
- José Padilha - "Tropa de elite 2"
- Karin Ainouz e Marcelo Gomes - "Viajo porque preciso, volto porque te amo"
- Laís Bodanzky - "As melhores coisas do mundo"

Melhor atriz:- Alice Braga - "Cabeça a prêmio"
- Christiane Torloni - "Chico Xavier"
- Ingrid Guimarães - "De pernas pro ar"
- Glória Pires - "Lula, o filho do Brasil"
- Marieta Severo - "Quincas Berro d'Água"

Melhor ator:- Ângelo Antonio - "Chico Xavier"
- Chico Diaz - "O sol do meio-dia"
- Marco Nanini - "O bem amado"
- Nelson Xavier - "Chico Xavier"
- Paulo José - "Quincas Berro D'Água"
- Wagner Moura - "Tropa de elite 2"

Melhor atriz coadjuvante:- Cássia Kiss - "Chico Xavier"
- Denise Fraga - "As melhores coisas do mundo"
- Elke Maravilha - "A suprema felicidade"
- Leandra Leal - "Insolação"
- Roberta Rodrigues - "5x favela - Agora por nós mesmos"
- Tainá Muller - "Tropa de elite 2"

Melhor ator coadjuvante:- André Mattos - "Tropa de elite 2"
- André Ramiro - "Tropa de elite 2"
- Caio Blat - "As melhores coisas do mundo"
- Cassio Gabus Mendes - "Chico Xavier"
- Hugo Carvana - "5x favela - Agora por nós mesmos"
- Irandhir Santos - "Tropa de elite 2"

Melhor roteiro original:- Braulio Mantovani e José Padilha - "Tropa de elite 2"
- Bruno Mazzeo, João Avelino e Rosana Ferrão - "Muita calma nessa hora"
- José Antonio da Silva e outros - "5x favela - Agora por nós mesmos"
- Karim Ainouz e Marcelo Gomes - "Viajo porque preciso, volto porque te amo"
- Luiz Bolognesi - "As melhores coisas do mundo"
- Marcelo Saback e Paulo Cursino - "De pernas pro ar"
- Melanie Dimantas e Paulo Halm - "Olhos azuis"

Melhor roteiro adaptado:- Adriana Falcão, Bernardo Guilherme e outros - "Eu e meu guarda-chuva"
- Claudio Paiva e Guel Arraes - "O bem amado"
- Esmir Filho e Ismael Caneppelle - "Os famosos e os duendes da morte"
- Marcos Bernstein - "Chico Xavier"
- Sérgio Machado - "Quincas Berro D'água"

Melhor curta-metragem de ficção:- "Alguém tem que honrar esta derrota"
- "Avós"
- "Eu não quero voltar sozinho"
- "Ensaio de cinema"
- "Recife frio"

Melhor curta-metragem documentário:- "Ave Maria ou mãe dos sertanejos"
- "Dois mundos"
- "Faço de mim o que quero"
- "Geral"
- "Urbe"
Melhor curta-metragem de animação:- "Anjos do meio da praça"
- "Bonequinha do papai"
- "Eu queria ser um monstro"
- Menina da chuva"
- "Tempestade"

Melhor longa-metragem estrangeiro:- "A fita branca" (Alemanha), de Michael Haneke
- "A origem" (EUA), de Christopher Nolan
- "O pequeno Nicolau" (França), de Laurent Tirard
- "A rede social" (EUA), de David Fincher
- "O segredo dos teus olhos" (Argentina / Espanha), de Juan José Campanella.
Fonte: Ibahia


Comentários